28/01/2022
 
 
CMVM condena Ricardo Salgado e outros administradores do BES a coimas no valor de 2,7 milhões

CMVM condena Ricardo Salgado e outros administradores do BES a coimas no valor de 2,7 milhões

D.R. Jornal i 10/01/2022 18:44

A CMVM acusa a antiga administração de ter enganado os investidores aquando do aumento de capital do banco em 2014.

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) condenou Ricardo Salgado e mais quatro outros ex-administradores do BES a coimas no valor de 2,7 milhões de euros, devido ao aumento de capital do banco em 2014, efetuado poucas semanas antes da resolução aplicada pelo Banco de Portugal.

Segundo avançou o ECO, o regulador do mercado acusa a antiga administração e o próprio banco de terem enganado os investidores naquela operação, "por falta de informação sobre a situação financeira do BES e do grupo em que estava integrado".

Neste sentido, a CMVM condenou Ricardo Salgado a uma multa de um milhão de euros, a maior de todas as aplicadas neste processo. Foi também aplicada uma multa de 600 mil euros a Amílcar Morais Pires, na altura administrador financeiro, outras duas coimas de 400 mil euros cada aos ex-administradores Rui Silveira e José Manuel Espírito Santo e uma última a Joaquim Goes terá de pagar 300 mil euros.

Também o BES foi condenado a uma coima de um milhão de euros, mas com pena suspensa, para não afetar a recuperação do dinheiro por parte dos credores, uma vez que se encontra em processo de liquidação.

Foram ainda atribuídas penas acessórias, nomeadamente o impedimento de exercício de atividade de cinco anos para Ricardo Salgado e até um ano para Joaquim Goes.

Em causa está o aumento de capital de 1.045 milhões de euros concretizado a 11 de junho de 2014.

 

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline