25/05/2022
 
 
Argentina. Juíza envolvida em polémica após ser apanhada a beijar recluso condenado a prisão perpétua

Argentina. Juíza envolvida em polémica após ser apanhada a beijar recluso condenado a prisão perpétua

Jornal i 04/01/2022 16:08

Presidiário matou um polícia. 

Uma juíza argentina, identificada como Mariel Suárez, está envolvida em polémica, depois de ser apanhada, pelas câmaras de videovigilância, a beijar um recluso, que tinha sido condenado a prisão perpétua por matar um polícia.

Segundo a imprensa internacional, a magistrada faz parte do coletivo de juízes que condenou o homem que esta surge a beijar na imagem.

Na sentença, proferida a 22 de dezembro de 2021, Cristian Bustos foi condenado a prisão perpétua pela morte de um polícia em 2009. Mariel Suárez opôs-se e votou contra a prisão perpétua, pedindo uma pena mais leve.

Escreve o jornal La Nación, que as imagens do beijo, que ocorreu na sala de visitas de uma prisão na cidade argentina de Trelew, foram captadas no dia 29 de dezembro, apenas alguns dias depois da sentença.

O caso originou uma investigação interna para averiguar as circunstâncias do encontro. Em comunicado, o Supremo Tribunal de Justiça argentino referiu que as conclusões da investigação podem “implicar violações da lei e do regimento interno do Poder Judiciário”.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


Especiais em Destaque

iOnline
×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline