26/11/2022
 
 
Horta Osório terá furado quarentena para assistir às finais do torneio de Wimbledon

Horta Osório terá furado quarentena para assistir às finais do torneio de Wimbledon

Jornal i 30/12/2021 11:47

É a segunda vez que o banqueiro português quebra as regras de isolamento. 

Uma investigação preliminar do Credit Suisse revela que António Horta Osório, presidente do banco, quebrou as regras de quarentena exigidas no Reino Unido devido à covid-19, em julho deste ano, avança a Reuters, que cita duas fontes ligadas ao processo.

O banqueiro português terá desrespeitado as regras para ir assistir às finais do torneio de ténis de Wimbledon, a 10 e 11 de julho, numa altura em que era obrigado a permanecer dez dias em isolamento na chegada ao Reino Unido.

Segundo a Reuters, a investigação foi realizada pelo departamento jurídico do banco e comunicada ao Conselho de Administração, que vai decidir se haverá alguma sanção.

O porta-voz do Credit Suisse, bem como Horta Osório, foram contactados pela agências de notícias, mas não comentaram o caso.

Sublinhe-se que, caso se confirme, esta é já a segunda vez que o banqueiro quebras as regras impostas no âmbito da pandemia. Depois de ter realizado uma outra viagem, a 28 de novembro, Horta Osório era obrigado a passar dez dias em quarentena na chegada à Suíça, onde vive. Contudo, o português já estava a deixar o país para uma outra viagem no dia 1 de dezembro.

Na altura, Horta Osório pediu desculpa pelo sucedido e garantiu que tal não voltaria a acontecer. “Violei involuntariamente as regras de quarentena suíças ao deixar o país de forma prematura a 1 de dezembro. Lamento sinceramente este erro. Peço desculpa e irei garantir que tal não volta a acontecer”.

Terá sido na sequência deste caso que o banco abriu uma investigação para apurar a eventual existência de outras irregularidades, acabando por detetar o caso ocorrido no Reino Unido.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


Especiais em Destaque

iOnline

iOnline
×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline