25/06/2022
 
 
James Franco confessa que teve relações sexuais com alunas do seu curso de representação

James Franco confessa que teve relações sexuais com alunas do seu curso de representação

AFP Jornal i 22/12/2021 21:21

O ator foi acusado de abuso sexual, mas afirma que as relações se trataram de "situações consensuais". 

James Franco falou pela primeira vez sobre as acusações de abuso sexual de que foi alvo, em 2019, por duas alunas da sua antiga escola de representação, a Studio 4, que esteve aberta entre 2014 e 2017.

O ator, de 43 anos, foi acusado por duas jovens de tentar "criar um canal de mulheres jovens que eram submetidas à sua exploração sexual pessoal e profissional em nome da educação". As estudantes alegaram que o ator intimidava futuras atrizes e as obrigava a fazer cenas de sexo explícitas durante as aulas. James Franco negou sempre as acusações. Em fevereiro de 2021, as queixas foram retiradas após um acordo do ator com as estudantes.

Agora, em entrevista ao podcast The Jess Cagle, Franco admite que teve relações sexuais com alunas suas, mas que se trataram de “situações consensuais” que “nunca deveriam ter acontecido”.

"Eu admito, eu realmente fiz sexo com estudantes. Mas não dormi com ninguém dessa aula em particular. Durante o curso que ensinei, tive relações sexuais com estudantes e foi errado. Mas, como eu disse, não foi por isso que comecei a escola. (...) Mas sim, houve situações consensuais com estudantes e isso nunca deveria ter acontecido", afirmou.

O ator vai mais longe e confessa que ficou “viciado em validação e sucesso” e que nunca foi fiel nas suas relações, sendo a exceção Isabel Pakzad, a sua atual namorada.

"Fiquei viciado em validação e sucesso. Sucesso e a atenção das mulheres tornaram-se grandes formas de validação para mim. É uma droga poderosa. Fiquei viciado durante mais de 20 anos. A parte curiosa é que estive sóbrio do álcool durante todo esse tempo (...) Nunca fui fiel a ninguém. Traí toda a gente antes da Isabel", acrescentou.

"Eu não queria magoar ninguém. Na verdade, eu nunca fui uma pessoa de ter um caso de uma noite. As pessoas com quem me relacionei, fi-lo durante anos. Eu simplesmente não conseguia estar realmente presente para ninguém. Acabei por magoar todo a gente", confessou.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline