24/05/2022
 
 
Mac Miller. Traficante diz que não sabia que comprimidos que vendeu ao rapper continham fentanil

Mac Miller. Traficante diz que não sabia que comprimidos que vendeu ao rapper continham fentanil

AFP Jornal i 03/12/2021 11:41

Um dos homens que vendeu os comprimidos com fentanil que acabaram por matar Mac Miller alegou, em tribunal, que não sabia que continham essa substância.

No início de novembro, dois dos três fornecedores envolvidos no caso da morte de Mac Miller, Ryan Michael Reavis e Stephen Andrew Walter, já se haviam declarado culpados de crimes de distribuição de fentanil. O terceiro fornecedor, Cameron James Pettit, que vendeu diretamente os comprimidos "azuis” a Mac Miller, ainda tem o seu caso pendente. Durante uma audiência no tribunal nos últimos dias, Stephen Andrew Walter afirmou não saber que os comprimidos continham fentanil, embora os promotores discordem.

"Não sabia que tinham fentanil. Mas sim, ajudei na venda", confessou Stephen Walter. "Disseram-me para vender comprimidos azuis, contrafeitos. Não sabia o que continham". Em tribunal, Walter alegou ainda que não conhecia o rapper.

"Nunca privei com ele. Só falei com o Cameron. Não sabia quais eram as suas intenções com os comprimidos. Depois de ele se ter cruzado com o Ryan, não sei o que é que ele ia fazer com eles", disse.

Porém a acusação garante que Walter sabia que os comprimidos continham a substância que acabou por levar à morte de Mac Miller, vítima de overdose.

A sentença está marcada para o próximo mês de abril e Walter arrisca uma pena de 20 anos de prisão.

 

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


Especiais em Destaque

iOnline
×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline