26/01/2022
 
 
Évora. Homem que matou agente da PSP que interveio em situação de violência doméstica condenado a 15 anos de prisão

Évora. Homem que matou agente da PSP que interveio em situação de violência doméstica condenado a 15 anos de prisão

Dreamstime Jornal i 03/12/2021 10:54

Caso remonta a dezembro do ano passado.

Um homem, acusado do homicídio de um agente da PSP que interveio numa situação de violência doméstica, foi condenado, esta sexta-feira, a 15 anos de prisão efetiva pelo Tribunal de Évora.

Recorde-se que o caso remonta a dezembro de 2020, quando o agente da PSP, de 45 anos, que não estava de serviço, foi atropelado por uma viatura conduzida pelo arguido, ao intervir numa situação de violência doméstica. O polícia acabou por morrer no Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE).

Segundo a agência Lusa, na leitura do acórdão, o tribunal acabou por desqualificar o crime de homicídio qualificado de que o arguido, de 52 anos, era acusado pelo Ministério Público (MP) e condenou-o por homicídio simples. O arguido, guarda prisional, foi também condenado por um crime de violência doméstica e outro de ofensa à integridade física.

De acordo com a mesma agência noticiosa, o homem está hospitalizado, não tendo por isso marcado presença na sessão de leitura do acórdão.

 

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline