18/01/2022
 
 
Opositor turco detido por suspeitas de espionagem

Opositor turco detido por suspeitas de espionagem

Jornal i 30/11/2021 17:51

De acordo com a agência Anadolu, um tribunal de Ancara determinou na segunda-feira à noite a detenção do opositor Metin Gurcan, militar na reserva e membro do DEVA (abreviatura em turco que significa "cura" ou "remédio").

Um dirigente do partido de oposição turco DEVA (Partido da Democracia e Progresso) foi detido na Turquia sob a acusação de envolvimento em atos de "espionagem política e militar", avançou hoje a agência de notícias oficial turca.

 

De acordo com a agência Anadolu, um tribunal de Ancara determinou na segunda-feira à noite a detenção do opositor Metin Gurcan, militar na reserva e membro do DEVA (abreviatura em turco que significa "cura" ou "remédio").

Segundo a ordem do tribunal, Gurcan deve ficar preso enquanto aguarda julgamento.

Metin Gurcan, autor de artigos sobre política externa e Defesa, fundou no ano passado o DEVA com Ali Babacan, antigo vice-primeiro-ministro que se afastou do partido do Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan.

O jornal diário turco Hurriyet publica hoje que o político e analista em questões de Defesa é acusado de vender alegadas informações secretas a diplomatas estrangeiros.

Gurcan rejeitou as acusações, refere a mesma publicação. 

A data do julgamento ainda não foi determinada.

Entretanto, Ali Babacan defendeu o seu parceiro político numa entrevista a uma televisão, afirmando que Gurcan "não tem meios para aceder a informação confidencial do Estado porque não trabalha para o Estado". 

"O trabalho (de Gurcan) consiste na análise de informação acessível", sublinhou Ali Babacan.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline