28/01/2022
 
 
Portuguesa detida nos Países Baixos depois de fugir de hotel onde fazia quarentena

Portuguesa detida nos Países Baixos depois de fugir de hotel onde fazia quarentena

Dreamstime Jornal i 29/11/2021 13:16

O incidente ocorreu depois de as autoridades de Haia terem anunciado que 13 dos 61 passageiros que testaram positivo à covid-19 depois de chegarem na passada sexta-feira a Amsterdão estavam infetadas com a nova variante Ómicron.

A polícia dos Países Baixos deteve no domingo, num avião no Aeroporto de Amsterdão, um casal (uma mulher portuguesa e um homem espanhol) que fugiu do hotel onde estava a fazer quarentena depois de chegar da África do Sul, infetado com covid-19.

O incidente ocorreu depois de as autoridades de Haia terem anunciado que 13 dos 61 passageiros que testaram positivo à covid-19 depois de chegarem na passada sexta-feira a Amsterdão estavam infetadas com a nova variante Ómicron, identificada pela primeira vez na África do Sul.

A detenção do casal ocorreu dentro de um avião que iria partir para Espanha, adiantou um porta-voz da polícia real dos Países Baixos, Stan Verberkt. De acordo com a autoridade de saúde, o casal foi colocado de novo em isolamento noutro hotel.

Quase todos os 61 passageiros infetados estão sob quarentena no mesmo hotel, que está a ser vigiado pela polícia e por agentes de segurança. Apenas alguns passageiros foram autorizados a permanecer em casa.

Os passageiros que voaram nos mesmos voos que os infetados mas que não testaram positivo estão a cumprir isolamento domiciliário.

"Verificaremos se respeitam as regras", afirmou, em declarações aos jornalistas, o ministro da Saúde, Hugo de Jonge.

 

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline