26/01/2022
 
 
Após derrota, Rangel pede união do PSD para Rio ter "vitória excelente" nas legislativas

Após derrota, Rangel pede união do PSD para Rio ter "vitória excelente" nas legislativas

Jornal i 27/11/2021 22:27

Rangel não quis analisar os resultados destas diretas e mostrou-se empenhado em concentrar esforços nas eleições legislativas de 30 de janeiro.

Depois de reconhecer a derrota nas eleições diretas do PSD, Paulo Rangel começou por adiantar que já felicitou Rui Rio pela vitória.

“Tive oportunidade de conversar com ele durante algum tempo e de lhe transmitir pessoalmente parabéns e facilitações”, disse, deixando depois um apelo à unidade do partido e pedindo que todos trabalhem para uma “excelente vitória” de Rio nas legislativas de 30 de janeiro.

“O único adversário é o Partido Socialista e o seu líder”, defendeu. “Da minha parte e dos que me apoiaram, haverá uma colaboração leal e efetiva”, reforçou.

Para Rangel, Rio sai destas diretas com “mais força” para as legislativas.

“Como eu sempre disse, este processo eleitoral interno reforçou a legitimidade do líder do PSD. Sempre insisti em que as eleições fossem feitas porque aquele líder que saísse vencedor, sairia reforçado para as eleições legislativas”, disse.

“Sai com mais força para as legislativas do que se este processo não tivesse tido lugar”, defendeu.

Paulo Rangel disse ainda que vai continuar no Parlamento Europeu e “cumprir o mandato até ao fim”.

Questionado sobre se prevê voltar a candidatar-se à liderança do PSD, Rangel afasta essa hipótese. “Sinceramente, não é uma coisa que anteveja”, completou.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline