1/12/21
 
 
Bolsonaro diz que encontro entre Lula da Silva e Macron "é uma provocação"

Bolsonaro diz que encontro entre Lula da Silva e Macron "é uma provocação"

AFP Jornal i 25/11/2021 16:55

O chefe de Estado brasileiro diz que o Presidente de França “tem um problema”, mas sublinha que "Macron está muito bem acompanhado por Lula, e Lula muito bem acompanhado por Macron, eles se entendem, falam a mesma linguagem".

 

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, considerou, esta quinta-feira, que o encontro entre o Presidente francês, Emmanuel Macron, e o ex-Presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva, na semana passada em Paris, foi “uma provocação”.

“Parece que é uma provocação. Será que ele [Macron] e os seus serviços de inteligência não sabem quem foi Lula [da Silva] aqui ao longo dos oito anos dele e mais seis de Dilma, o que foi feito no Brasil?", questionou, em entrevista à rádio Sociedade da Baía.

"O que interessa para alguns países do mundo é ter alguém sentado nessa cadeira que eu estou aqui simpático à política deles (...) Interessa mais a ele Macron ter uma pessoa passiva, corrupta como é o Lula, aliado dele, no futuro do que eu", atirou.

“França não é exemplo para nós, muito menos o senhor Macron. Macron está muito bem acompanhado por Lula, e Lula muito bem acompanhado por Macron, eles se entendem, falam a mesma linguagem”, rematou. “Macron sempre bateu na gente na questão da Amazónia, como se ele e os antecessores dele tivessem preservado alguma coisa na França”, acrescentou.

"Macron tem um problema comigo", frisou, acrescentando que "até recentemente ele publicava fotos com mais de 10 anos dizendo que a Amazónia estava a pegar fogo".

Lula da Silva foi recebido no passado dia 17 de novembro por Macron no Palácio do Eliseu, residência oficial do Presidente francês. O principal rival de Bolsonaro nas eleições de 2022 foi ainda recebido pelo Parlamento Europeu e pelo Presidente do governo espanhol, Pedro Sánchez.

Ler Mais


×

Pesquise no i

×