1/12/21
 
 
Já foram apresentadas 46 queixas contra Travis Scott. Criança de nove anos entre os feridos críticos após concerto

Já foram apresentadas 46 queixas contra Travis Scott. Criança de nove anos entre os feridos críticos após concerto

Jornal i 11/11/2021 13:47

A criança está em coma induzido após ter sofrido lesões no fígado, coração e cérebro. Documentos legais referem que foi “espezinhada quase até à morte” e “forçada a assistir, com terror, a vários espetadores a serem feridos e mortos”.

Ezra Blount, um menino de nove anos, de Tyler, no Texas, é uma das três pessoas que permanecem em estado crítico após serem espezinhadas numa onda de multidão durante o concerto de Travis Scott, no passado dia 5 de novembro, no primeiro dia do Festival Astroworld, que reuniu 50 mil pessoas em Houston, no Texas.

A criança está em coma induzido após ter sofrido lesões no fígado, coração e cérebro. O advogado Ben Crump, especialista em direitos civis, decidiu processar o rapper em nome da família e, segundo documentos legais entregues num tribunal norte-americano, o menino estaria ao colo do pai, que terá desmaiado no meio da confusão. É ainda referido que a criança foi “espezinhada quase até à morte” e “forçada a assistir, com terror, a vários espetadores a serem feridos e mortos”.

O mayor de Houston, Sylvester Turner, revelou que está a decorrer uma investigação para averiguar as causas do acidente que causou, pelo menos, oito mortos e mais de 300 feridos, 25 dos quais graves. As vítimas mortais tinham entre os 14 e os 27 anos e eram naturais dos estados do Texas, Illinois e Washington.

“Como é que isto aconteceu? É uma questão que permanece na cabeça de todos nós”, disse Turner, em conferência de imprensa. “Onde estavam os erros? Onde estavam as falhas? Onde estavam as lacunas? Devemos isso aos familiares, a todos os que compareceram e, francamente, à cidade como um todo, aos primeiros a ajudar, a todos eles, como é que isto aconteceu?”, questionou.

Até ao momento, foram confirmadas oficialmente oito vítimas mortais. No entanto, uma estudante de 22 anos ficou, na quarta-feira, em morte cerebral.

No total, são já 46 as queixas contra o rapper de 30 anos, incluindo por parte da família do menino de nove anos. Os processos começaram a dar entrada no tribunal do condado de Harris County horas após o incidente, tendo os últimos sete sido entregues ontem, revela a Billboard. Além de Scott, são ainda visadas as produtoras Live Nation e ScoreMore, por negligência.

Ler Mais


×

Pesquise no i

×