28/01/2022
 
 
Covid-19. OMS pede 20 mil milhões de euros para apoiar países menos desenvolvidos

Covid-19. OMS pede 20 mil milhões de euros para apoiar países menos desenvolvidos

AFP Jornal i 28/10/2021 16:57

“Fazer este investimento pode salvar mais de cinco milhões de vidas, principalmente, em países de baixo e médio rendimento”, disse Tedros Adhanom Ghebreyesus.

 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) solicitou, esta quinta-feira, um financiamento de 23,4 biliões de dólares (cerca de 20 mil milhões de euros) para apoiar os países menos desenvolvidos a combater a pandemia de covid-19, para evitar cinco milhões de mortes.

Este é o montante previsto para financiar o plano estratégico a desenvolver até setembro do próximo ano pela ACT-Accelerator (ACT-A), um projeto que engloba várias entidades para acelerar o desenvolvimento, a produção e o acesso equitativo às vacinas e aos testes de covid-19. Em conferência de imprensa, o diretor-geral da OMS destacou que este plano é importante para atingir as metas definidas para os países classificados de baixo e médio rendimento.

“Fazer este investimento pode salvar mais de cinco milhões de vidas, principalmente, em países de baixo e médio rendimento. É uma gota no oceano em comparação com o custo de falhar em acabar com a pandemia”, salientou Tedros Adhanom Ghebreyesus.

O financiamento previsto permitirá, de acordo com o plano estratégico da ACT-A, apoiar a vacinação em 91 países de baixo rendimento, através do mecanismo Covax, contribuindo para atingir a meta global definida pela OMS de uma cobertura de 70% em todos os países até meados de 2022.

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline