7/12/21
 
 
Assistentes de bordo tiram a roupa contra os despedimentos

Assistentes de bordo tiram a roupa contra os despedimentos

Twitter Euronews Jornal i 25/10/2021 16:34

Em Itália, profissionais protestaram contra despedimentos e cortes salariais.

Um grupo de assistentes de bordo da companhia aérea Alitalia despiu-se na passada semana em frente ao Campidoglio - o centro de poder de Roma - para protestar contra os despedimentos e cortes salariais.

As cerca de 50 mulheres apareceram vestidas com os seus uniformes e, enquanto iam removendo peças da sua roupa, gritavam "Nós somos a Alitalia".

A companhia aérea encerrou as suas operações, tendo a ITA Airways assumido o seu lugar como companhia nacional italiana. Apesar desta troca, apenas 2.800 dos 10.500 trabalhadores da Alitalia ficaram empregados na ITA Airways.

O protesto não é só contra os despedimentos mas também contra as condições que aqueles que ficaram empregados na ITA Airways vão ter. Uma assistente de bordo desta companhia disse à CNN que, além de ter recebido um corte salarial, perdeu a antiguidade e já não será informada com antecedência sobre onde e quando estará a trabalhar. 

O presidente da ITA, Alfredo Altavilla, considerou as ameaças de greve como "uma vergonha nacional".

"A negociação de contratos está mais do que concluída. Estavam todos de acordo e assinaram o contrato que lhes enviamos", referiu Altavilla ao Il Fatto Quotidiano no início deste mês.

 

 

 

 

Ler Mais


×

Pesquise no i

×