8/12/21
 
 
Habitantes locais acreditam que Brian Laundrie foi comido por crocodilos e porcos selvagens

Habitantes locais acreditam que Brian Laundrie foi comido por crocodilos e porcos selvagens

Redação 22/10/2021 21:23

John Widmann, que mora a cerca de um quilómetro e meio da reserva, que tem cerca de 10 mil hectares, disse ao New York Post: "Existem crocodilos, mas o pior são os porcos selvagens. Eles são animais maus e comem qualquer coisa. Qualquer carne que esteja ao ar livre não será desperdiçada. Não haverá muito para o médico-legista trabalhar. A natureza não desperdiça nada".

Os habitantes que vivem perto da Reserva Memorial T. Mabry Carlton Jr. e do Parque Ambiental Myakkahatchee Creek, onde os restos mortais de Brian Laundrie foram encontrados, acreditam que o rapaz que terá assassinado Gabby Petito foi comido por crocodilos e porcos selvagens naquela região do estado norte-americano da Flórida. 

Os restos mortais de Laundrie, de 23 anos, foram encontrados na quarta-feira durante a busca do FBI depois dos pais do mesmo se terem juntado às autoridades para procurá-lo. Laundrie desapareceu no início do mês passado após regressar de uma viagem sem a sua namorada Gabby Petito, de 22 anos, e recusar-se a cooperar na investigação acerca do desaparecimento da YouTuber. Recorde-se que, na quinta-feira, o FBI confirmou que os restos mortais pertenciam a Laundrie ao fazer uma comparação dos registos dentários com os ossos descobertos, pois tudo aquilo que restou do corpo foram os ossos. Importa também referir que foi confirmado que o corpo de Laundrie foi encontrado numa área anteriormente coberta por água.

A título de exemplo, John Widmann, que mora a cerca de um quilómetro e meio da reserva, que tem cerca de 10 mil hectares, disse ao New York Post: "Existem crocodilos, mas o pior são os porcos selvagens. Eles são animais maus e comem qualquer coisa. Qualquer carne que esteja ao ar livre não será desperdiçada. Não haverá muito para o médico-legista trabalhar. A natureza não desperdiça nada".

O corpo de Gabby foi descoberto numa área remota no Wyoming a 19 de setembro, e uma autópsia confirmou que havia sido estrangulada. O FBI lançou uma verdadeira caça ao homem, nomeando Laundrie como a "única pessoa de interesse" no caso. É de lembrar que a jovem foi vista pela última vez a 27 de agosto. Laundrie então voltou brevemente para a casa dos pais, na Flórida, a 1 de setembro, antes de desaparecer. Supostamente terá dito a Chris e Roberta Laundrie que se preparava para fazer uma caminhada. Os ossos do rapaz estavam perto da sua mochila e do seu bloco de notas. O advogado da família Laundrie, Steve Bertolino, disse em comunicado à Fox News: "Chris e Roberta Laundrie foram informados de que os restos mortais encontrados ontem na reserva são de facto de Brian. Não temos mais comentários a fazer neste momento e pedimos que respeitem a privacidade da família".

É de lembrar que, na semana passada, as autoridades disseram que a probabilidade de o rapaz estar vivo era igual à de eventualmente já ter perdido a vida. 

Ler Mais


×

Pesquise no i

×