23/10/21
 
 
Caso Meco. Ex-"dux" e Universidade Lusófona absolvidos de indemnizar pais das vítimas

Caso Meco. Ex-"dux" e Universidade Lusófona absolvidos de indemnizar pais das vítimas

Jornal i 14/10/2021 11:37

Decisão do Tribunal foi conhecida esta quinta-feira.

O Tribunal Judicial da Comarca de Setúbal absolveu o ex-‘dux’ e único sobrevivente da tragédia do Meco, João Gouveia, e a Universidade Lusófona do pagamento de indemnizações de mais de um milhão de euros às famílias dos seis jovens que morreram em dezembro de 2013.

De acordo o despacho do Tribunal, a que o i teve acesso, a juíza titular do processo declarou “totalmente improcedentes os pedidos deduzidos nos autos pelos Autores, absolvendo-se os Réus".

Segundo o mesmo despacho, o tribunal declarou ainda improcedente o pedido apresentado por João Gouveia e pela Universidade Lusófona para condenação dos pais das vítimas por litigância de má-fé.

Recorde-se que foram interpostas seis ações cíveis, em 2016, contra o ‘dux’ João Gouveia e a COFAC — Cooperativa de Formação e Animação Cultural, CRL (Universidade Lusófona), segundo a família das seis vítimas mortais da tragédia, que ocorreu a 15 de dezembro de 2013. Os pais das vítimas reclamaram cerca de 225 mil euros, o que perfazia um valor global que rondava um milhão e 350 mil euros.

Ler Mais


Especiais em Destaque

×

Pesquise no i

×