23/10/21
 
 
Atleta e medalhista queniana de 25 anos encontrada sem vida em casa

Atleta e medalhista queniana de 25 anos encontrada sem vida em casa

DR Jornal i 13/10/2021 16:06

Segundo a federação de atletismo do país, a corredora foi alegadamente esfaqueada pelo marido.

A atleta queniana Agnes Tirop, de 25 anos, que ganhou medalha de bronze nos 10.000 metros nos Mundiais de 2017 e 2019, foi encontrada morta em casa. Segundo a federação de atletismo do país, a corredora foi alegadamente esfaqueada pelo marido.

De acordo com a imprensa local, Agnes foi encontrada, esta terça-feira, sem vida em casa, com marcas de esfaqueamento no abdómen. 

"O Quénia perdeu uma joia", disse a federação, referindo-se a Agnes Tirop, que ficou em quarto lugar na prova de 5.000 metros nos Jogos Olímpicos de Tóquio’2020 e que, há cerca de um mês, bateu o recorde mundial dos 10.000 metros em prova de estrada feminina, em 30.01 minutos.

Agnes Tirop tornou-se numa atleta de topo mundial, quando conquistou o título mundial de corta-mato, em 2015, com apenas 19 anos, sendo a segunda campeã mais jovem de sempre.

Ler Mais


Especiais em Destaque

×

Pesquise no i

×