29/11/21
 
 
José Cabrita Saraiva 30/09/2021
José Cabrita Saraiva
Opiniao

jose.c.saraiva@ionline.pt

Têm medo que o vice-almirante fuja?

Tudo batia na perfeição. Cumprido com distinção o papel na task-force da vacinação, o vice-almirante Gouveia e Melo era recompensado com o Estado-Maior da Armada. Só que havia obstáculos no caminho...

Quando Joana Marques Vidal não foi reconduzida no cargo de procuradora-geral da República, ficou a sensação de que o Governo tinha conseguido afastar uma figura que incomodava, e muito, certos setores do PS.

Não foi certamente caso único. Já dizia o saudoso Jorge Coelho, “quem se mete com o PS, leva”.

Inversamente, quem de forma mais explícita ou mais encapotada faz a sua defesa, vê-se recompensado com cargos bem remunerados. Veja-se, a título de exemplo, a bela prebenda oferecida a Pedro Adão e Silva.

E assim o Governo vai consolidando, pedra por pedra – acrescentando esta aqui, retirando aquela dali –, o seu poder quase absoluto. Vimos como há alguns anos José Sócrates fez o mesmo em setores-chave – na comunicação social, na justiça, nas telecomunicações, na banca.

Agora o processo não será tão perverso e descarado, mas nem é preciso estar muito atento para perceber que está há muito em curso.

O caso da nomeação do chefe do Estado-Maior da Armada parece ser mais um bom exemplo disso. O atual chefe do Estado-Maior manifestou as suas reservas à anunciada reestruturação das Forças Armadas? Nada mais simples: exonera-se.

Tudo batia na perfeição: o vice-almirante Gouveia e Melo tinha cumprido com distinção o seu papel na task-force da vacinação (em contraste com o seu antecessor). Agora ‘desocupado’, era recompensado com o Estado-Maior da Armada. Matava-se dois coelhos de uma cajadada. E, como não podia deixar de ser, o Governo ainda aproveitava para capitalizar politicamente a popularidade do vice-almirante...

Acredito que Gouveia e Melo merecesse o cargo inteiramente. Mas, mais uma vez, fica a clara sensação de que alguns princípios de lisura foram atropelados.

Qual é a grande pressa? Têm medo que o vice-almirante fuja? Julgo que não há esse risco. Fugas é mais a especialidade de Rendeiros e outros que tais. O vice-almirante é um homem de bem.


×

Pesquise no i

×