23/10/21
 
 
James Bond em Monza

James Bond em Monza

João Sena 15/09/2021 23:02

A Aston Martin aproveitou a realização do Grande Prémio de Itália de Fórmula 1 para apresentar o novo filme “007 – Sem Tempo Para Morrer”, com estreia agendada para novembro deste ano.

James Bond, o personagem criado em 1953 pelo escritor inglês Ian Fleming, é o agente secreto mais conhecido do mundo e uma espécie de Rei Midas do cinema – tudo o que leva o badge 007 faz sucesso. Os fantásticos carros da Aston Martin são o melhor exemplo.

No Grande Prémio de Itália a iconografia de James Bond era visível nos monolugares de Fórmula 1 conduzidos por Lance Stroll e Sebastian Vettel, na decoração das boxes e motorhome, e até os pilotos participaram em vários eventos relacionados com o filme. Os resultados na corrida não foram famosos (7º e 12º lugar), mas a apresentação do 007 – Sem Tempo Para Morrer fez furor no paddock da Fórmula 1. Daniel Craig interpreta pela última vez o papel de James Bond, e vai espalhar charme ao lado da Bond girl Léa Seydoux e dos Aston Martin.

CHARME E AÇÃO O glamour dos automóveis britânicos era uma escolha natural para os filmes do espião de Sua Majestade. Há mais de meio século que a conceituada marca fornece soberbos automóveis ao espião britânico. “A Aston Martin faz parte do ADN de Bond. É uma parceria que não precisa de explicações. Foi muito divertido ver esses dois mundos juntos: os filmes do 007 e a Aston Martin na Fórmula 1. Espero que isso crie grande expectativa antes do lançamento do filme”, disse Daniel Kleinman, diretor musical do novo filme, onde a marca britânica está presente com diferentes modelos, com destaque para o DB5 que se tornou o carro por excelência de James Bond.

No novo filme James Bond decide mudar-se para a Jamaica, onde desfruta de uma vida calma após muitos anos ao serviço dos serviços secretos ingleses MI6. Porém, a sua tranquilidade é interrompida quando um velho amigo da CIA pede-lhe ajuda para resgatar um cientista sequestrado. O ex-agente 007 percebe que a simples busca é, na verdade, uma corrida para salvar o mundo. James Bond vai em perseguição do misterioso vilão da história, que tem em seu poder uma nova tecnologia perigosa. O papel de vilão é interpretado por Rami Malek, que, em 2019, ganhou o óscar de melhor ator pela interpretação de Freddie Mercury no filme Bohemian Rhapsody. A música oficial do filme é interpretada pela cantora americana Billie Eilish. Este filme - o 25º da saga James Bond – tem quase três horas de ação e teve um orçamento superior a 210 milhões de euros!

A última aventura do agente 007 é um desfilar de grande máquinas, já que para além dos Aston Matin DB5, V8 Vantage, DBS Superleggera y do hypercar Valhalla, aparecem também motos, aviões e barcos. Como em todos os filmes de ação e espionagem, os Aston Martin são protagonistas de cenas eletrizantes que fazem as delícias dos fãs de automóveis. Uma das vedetas é o icónico DB5 que apareceu pela primeira vez no filme Goldfinger de 1964, conduzido por Sean Connery. Este carro está avaliado em 22 milhões de euros com o equipamento extra usado no filme, e foi roubado há 25 anos. Há relatos de que faz parte de uma coleção privada pertencente a um milionário que se passeia pelo Médio Oriente.

O Aston Martin DBS Superleggera 007 Edition foi produzido numa série especial de 25 unidades iguais ao modelo que vamos ver no grande ecrã. Tem um motor V12 biturbo de 5.2 litros com 715 cv - é o carro de estrada mais potente de sempre fabricado pela marca – e custa 300.000 euros.

O Aston Martin V8 Vantage 007 Edition foi produzido em 100 unidades. É uma homenagem ao V8 que apareceu no filme Alta Voltagem, de 1987, e estava equipado com esquis para andar na neve, pneus com pontas, lasers e mísseis... Será que mantém os mesmo argumentos no novo filme?

A joia da coroa Aston Martin é o Valhalla, com lançamento previsto para 2022. Trata-se do superdesportivo híbrido com motor V6 turbo, que ultrapassa os 1000 cv, atinge os 350 km/h e acelera de 0 a 100 km/h em 2,5 segundos, é digno de James Bond.

A personalização dos carros foi feita por um departamento específico da Aston Martin. “Criar uma edicão 007 é sempre um desafio emocionante, já que trabalhamos para desenvolver e desenhar um automóvel que respeite a lenda de James Bond. É uma honra aplicar o estilo inspirado no 007 aos nossos carros desportivos, e ao mesmo tempo oferecer aos clientes a oportunidade de ter uma peça única da história do cinema e da indústria automóvel”, referiu Marek Reichman, diretor da marca britânica.

 

Ler Mais


Especiais em Destaque

×

Pesquise no i

×