20/9/21
 
 
Clássico. Com muitas dúvidas e polémica, vem aí o primeiro da época

Clássico. Com muitas dúvidas e polémica, vem aí o primeiro da época

AFP José Miguel Pires 10/09/2021 22:37

Sporting e FC Porto vão-se enfrentar no sábado, a partir das 20h30, no Estádio José Alvalade. Os azuis e brancos criticaram o Sporting pelo processo de venda de bilhetes, e contam-se muitas baixas em ambos os plantéis.

Finda a pausa para participar na qualificação europeia do Mundial de 2022, o futebol português está de volta ao ativo, e em grande. No sábado, joga-se o primeiro Clássico na I Liga da temporada 2021/22. O Sporting, campeão em título, recebe o FC Porto em Alvalade, num momento em que os ânimos nas bancadas estão exaltados. A venda dos bilhetes gerou polémica entre os Super Dragões, a claque azul e branca, que acusou o Sporting de “tentar dificultar, e até impedir, a presença no estádio de Alvalade”, apontando o dedo ao preço do bilhete e à existência de “procedimentos contraditórios”. A problemática liga-se com o polémico cartão do adepto, ao qual os Super Dragões aderiram, num dilema que , avisou a Associação Portuguesa de Defesa do Adepto (APDA), levará a uma dispersão dos adeptos azuis e brancos pelo estádio de Alvalade. Citada pela Lusa, a presidente desta Associação lembrou que “não foi dada a possibilidade ao FC Porto de vender os seus próprios bilhetes”, o que causou uma perda de fiscalização dos ‘dragões’ “relativamente aos bilhetes que vende para os seus adeptos”.

Prognósticos em Alvalade No relvado é que se faz o jogo e a partida de sábado está fustigada, em ambos os lados, por uma série de ausências e possíveis ausências, que deram um conjunto de dores de cabeça a Sérgio Conceição e a Rúben Amorim.

No lado dos ‘dragões’, a qualificação para o Mundial de 2022 saiu cara, pois, a apenas três dias do duelo em Alvalade, Conceição não pôde contar com 10 jogadores na sessão de treino. Entre eles nomes pesados do plantel azul e branco, como Pepe, Otávio, Diogo Costa, Luis Díaz, Uribe, Taremi, Corona e Mbemba.

Corona, aliás, que não poupou uma farpa a Sérgio Conceição após ter marcado o golo do empate ao serviço do México, frente ao Panamá. “Este golo é muito gratificante. Agradeço-lhe [ao selecionador] porque não tenho jogado e necessito de jogar. Foram dois jogos bons e temos de continuar a somar para estar no Mundial”, referiu o mexicano, citado pela imprensa daquele país.

Já do lado dos ‘leões’, as ausências devido ao Mundial serão menos pesadas, e João Palhinha já treinou, na quinta-feira, junto dos colegas ‘leoninos’. Mas a vida não está fácil para Rúben Amorim, que tem Tiago Tomás, Gonçalo Inácio e Pedro Gonçalves em dúvida, após uma série de dificuldades físicas. O boletim médico, no entanto, augurou bons tempos para os ‘leões’, passando o capitão Sebastián Coates, na quinta-feira, para o treino condicionado. Restará esperar pela sessão das 10h nesta sexta-feira para perceber quem estará apto para jogar frente ao FC Porto, no sábado.

Também Nuno Mendes será uma falta no relvado ‘leonino’, depois da sua transferência para o Paris Saint-Germain. O internacional, aliás, declarou-se “mais um sportinguista a apoiar de fora”, através das redes sociais, numa despedida sentida do clube de Alvalade.

FC Porto invicto O Sporting conta a vantagem de ser campeão em título e de estar a jogar em casa, mas a realidade é que o FC Porto, que tem os mesmos pontos que os ‘leões’ ao fim de quatro jornadas na Primeira Liga, tem um registo positivo nas visitas a Alvalade. Há quatro partidas seguidas, a contar para a Primeira Liga, que os ‘dragões’ não perdem no relvado lisboeta, empatando três vezes e vencendo uma, que remonta à temporada 2019/20, quando Rúben Amorim estava recém-chegado aos comandos da equipa ‘leonina’, e que foi a primeira desde o longínquo ano de 2008.

Mas o passado está lá atrás, e o jogo de sábado será decisivo para, de forma madrugadora, começar a perfilar os primeiros lugares da classificação geral em Portugal.

O Sporting até começou a temporada da melhor forma, com três vitórias seguidas. Na última jornada, no entanto, os ‘leões’ escorregaram na visita ao Famalicão, e deixaram fugir dois pontos. Nada de grave, no entanto, tomando em conta que os portistas tinham, na jornada anterior, também deixado no relvado do Marítimo dois pontos, após empatar a uma bola.

Varandas confiante Na quinta-feira, a apenas dois dias do jogo com o FC Porto, Frederico Varandas, presidente do clube de Alvalade, aproveitou o editorial no Jornal Sporting para dar um alento à equipa e enaltecer os seus três anos na liderança da mesma. “A sombra do ceticismo pairava sobre nós, a possibilidades de reerguer o Clube num futuro próximo parecia uma quimera e a alteração do ciclo vicioso dos últimos 40 anos afigurava-se uma ilusão. O Sporting CP de hoje é um Novo Sporting. Afastámos as nuvens que pairavam sobre nós, resistimos à tempestade da COVID e construímos as bases para um futuro vencedor”, defendeu Frederico Varandas.

 

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×