24/10/21
 
 
Selecionador do Azerbaijão: "Fernando Santos ainda me deve uma garrafa de vinho do Porto"

Selecionador do Azerbaijão: "Fernando Santos ainda me deve uma garrafa de vinho do Porto"

Patrícia de Melo Moreira Jornal i 06/09/2021 19:38

Tanto o treinador português como o técnico do Azerbaijão esperam um duelo difícil, esta terça-feira, em Baku. Além de reconhecer a qualidade do plantel português, Gianni de Biasi recordou que Fernando Santos é selecionador luso e campeão da Europa em 2016 graças a si.

O jogo entre Azerbaijão e Portugal realiza-se amanhã, terça-feira, e ambos os selecionadores esperam um duelo difícil, em Baku, entre duas equipas que nunca facilitaram cada vez que se confrontaram.

Apesar da ausência de Cristiano Ronaldo na equipa das quinas no último encontro para o apuramento para o Mundial’2022, o selecionador do Azerbaijão disse que Portugal tem muitas e boas opções para substituir o capitão.

"Cristiano Ronaldo é um jogador de excelência, mas Portugal tem jogadores no Manchester City, Manchester United, Liverpool, Paris Saint-Germain, Dortmund, Wolverhampton, Benfica, FC Porto, Sporting", apontou o técnico italiano, na conferência de imprensa de antevisão.

Além de reconhecer a qualidade do plantel português, Gianni de Biasi recordou que Fernando Santos é selecionador luso e campeão da Europa em 2016 graças a si.

O encontro entre Albânia e Portugal, que contou para o apuramento do Euro’2016, acabou com a derrota da equipa lusa por 1-0 e também com a saída de Paulo Bento do cargo de selecionador, tendo sido Fernando Santos a ocupar este lugar.

"A esperança é sempre a última a morrer. Na vida, nunca digas nunca. E gostaria de lembrar que Fernando Santos ainda me deve uma garrafa de vinho do Porto, porque se tornou selecionador [de Portugal] graças a mim e depois foi campeão europeu [em 2016]. [O jogo] foi no dia 7 de setembro de 2014", recordou.

Ainda na conferência de imprensa de antevisão, Fernando Santos evidenciou o potencial da equipa do Azerbaijão, ao recordar o primeiro jogo que disputou contra aquela seleção.

"Foi um jogo muito difícil. É uma equipa que defende muito bem. Contra nós chegou a defender com seis jogadores. É uma equipa forte no processo defensivos. Temos de ser muito forte com intensidade e criatividade para marcar golos”, assinalou o técnico português, ao salientar o poder do coletivo adversário e do treinador: “o que vale no Azerbaijão é o coletivo. É muito bem orientado pelo treinador. Já nos deram problemas no passado”.

Fernando Santos e Gianni de Biasi já mediram forças no primeiro jogo do grupo A, no dia 23 de março, em Turim, onde Portugal venceu, com algumas dificuldades durante a partida, o Azerbaijão por 1-0, com um autogolo de Maksim Medvedev.

Amanhã, Portugal e Azerbaijão jogam no Estádio Olímpico de Baku às 17h, hora de Lisboa. A equipa das quinas é um dos lideres do grupo A, tendo os mesmos pontos – 10 – do que a Sérvia.

Ler Mais


Especiais em Destaque

×

Pesquise no i

×