20/08/2022
 
 
Nas últimas 24 horas, número de internados e casos ativos diminuiu. Incidência e RT continuam em queda

Nas últimas 24 horas, número de internados e casos ativos diminuiu. Incidência e RT continuam em queda

Beatriz Pequeno Jornal i 03/09/2021 15:10

O Norte continua a registar o maior número de casos diários. As mortes ocorreram no Centro, em Lisboa e Vale do Tejo e Norte. Houve mais de 2 mil recuperados e uma redução de internados nos hospitais nas últimas 24 horas.

Portugal registou, nas últimas 24 horas, 1.822 novos casos do novo coronavírus e seis vítimas mortais, segundo o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), divulgado esta sexta-feira. O Norte continua a registar o maior número de casos diários. Houve mais de 2 mil recuperados e uma redução de internados nos hospitais nas últimas 24 horas.

Os hospitais portugueses têm 681 internados, menos 14 pessoas face a atualização de quinta-feira. Do total, cerca de 136 estão nas Unidades de Cuidados Intensivos, menos quatro em relação a ontem.

A região do Norte registou 630 das 1.822 infeções registadas no boletim da DGS. Segue-se Lisboa e Vale do Tejo com 586, Centro com 297, Algarve com 205 e Alentejo com 90. Quanto aos arquipélagos, Madeira diagnosticou 13 contágios e os Açores apenas uma.

Das seis mortes reportadas, três ocorreram no Centro, duas em Lisboa e Vale do Tejo e uma no Norte.

A matriz de risco foi atualizada esta sexta-feira. A incidência e o risco de transmissibilidade (RT) desceram tanto no país como apenas no território continental.

De acordo com a DGS, a incidência de casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias a nível nacional é de 295,5 – no último boletim era de 303,5 -, enquanto no território continental é de 302,6 – valor que era de 310,2 na quarta-feira.

Já o RT situa-se nos 0,96 em Portugal e 0,97 apenas no continente. Em ambos os níveis, o RT desceu 0,02 em relação à última atualização.

Portugal registou, desde o início da pandemia, 1.044.144 casos de SARS-CoV-2, 43.309 dos quais permanecem ativos – menos 648 do que ontem –, e 17.772 não resistiram. Nas últimas 24 horas, 2.464 pessoas recuperaram da doença, elevando o total para 983.063. Atualmente, as autoridades de saúde têm 43.520 contactos em vigilância, menos 533.

Consulte aqui o boletim da DGS

Ler Mais

Os comentários estão desactivados.


×

Pesquise no i

×
 


Ver capa em alta resolução

iOnline