28/11/21
 
 
Santana Lopes. Impugnação "não passa de uma intenção do PSD de procurar protagonismo"

Santana Lopes. Impugnação "não passa de uma intenção do PSD de procurar protagonismo"

Bruno Gonçalves Jornal i 11/08/2021 17:48

Os sociais-democratas, liderados por Pedro Machado, deram entrada em tribunal com um pedido de impugnação à candidatura de Santana Lopes à Câmara Municipal da Figueira da Foz, alegando que a campanha do antigo primeiro-ministro apresenta denominações diferentes na mesma candidatura.

O movimento Figueira A Primeira, de Pedro Santana Lopes, considerou, esta quarta-feira, que o pedido de impugnação da candidatura independente à Figueira da Foz por parte do PSD é uma tentativa do partido “de procurar protagonismo que não tem de outra forma”.

Recorde-se que os sociais-democratas, liderados por Pedro Machado, deram entrada em tribunal com um pedido de impugnação à candidatura de Santana Lopes à Câmara Municipal da Figueira da Foz, alegando que a campanha do antigo primeiro-ministro apresenta denominações diferentes na mesma candidatura.

“A tentativa de impugnação da candidatura do Movimento Figueira a Primeira-FAP não passa de uma intenção do PSD de procurar protagonismo que não tem de outra forma”, afirmou o movimento.

Na nota, o movimento acrescenta que “a verificação da legalidade da candidatura do Movimento FAP, compete única e exclusivamente ao Juiz responsável pela instrução do processo” e que, até à data, “o tribunal não notificou por qualquer irregularidade que a ponha em causa”.

Além de Pedro Santana Lopes, concorrem à Câmara da Figueira da Foz o atual presidente Carlos Monteiro, do PS, – substituto de João Ataíde aquando a sua ida para o Governo em 2019, Pedro Machado, do PSD, Bernardo Reis (CDU), Rui Curado Silva (BE), Miguel Mattos Chaves (CDS-PP) e João Paulo Domingues (Chega).

Ler Mais


×

Pesquise no i

×