20/10/21
 
 
'Epidemia dos raptos': 200 crianças ainda desaparecidas na Nigéria

'Epidemia dos raptos': 200 crianças ainda desaparecidas na Nigéria

AFP Jornal i 10/08/2021 14:07

Crise de segurança tornou a região num “inferno” para milhares de famílias e promete agravar os problemas de iliteracia infantil e a pouca frequência escolar.

Mais de 200 crianças sequestradas na Nigéria ainda não apareceram. Grupos armados têm feito das escolas no norte do país o seu alvo prioritário e já raptaram cerca de mil estudantes.

A falta de segurança e a relutância em envolver significativamente as forças armadas tornaram a região do país num “inferno” para milhares de famílias. As vítimas na sua maioria são jovens estudantes e os casos de sequestro foram em massa, fazendo esquecer até o mediático caso de rapto de 300 estudantes pelo Boko Haram em 2014.

Descrita por muitos como uma “epidemia de raptos”, a crise humanitária é no fundo um problema de segurança. As sucessivas falhas do governo estão de momento a ameaçar a frequência escolar numa região onde a iliteracia infantil tem sido uma das preocupações proeminentes.

Ler Mais


Especiais em Destaque

×

Pesquise no i

×