25/9/21
 
 
Rebeldes com causas. Usar a fama para mudar o mundo

Rebeldes com causas. Usar a fama para mudar o mundo

Sara Porto 04/08/2021 21:54

Pobreza, desastres climáticos, sida, guerra, igualdade, sustentabilidade... Há cada vez mais estrelas do cinema
e da televisão a abraçar causas e a usar a sua visibilidade para salvar o mundo. O i dá-lhe a conhecer seis casos de personalidades que brilham muito para além da passadeira vermelha.

Sean Penn - O ‘messias’ do Haiti

A 12 de janeiro de 2010, na sequência de um terramoto que durou 35 segundos, 250.000 vidas foram perdidas no Haiti. Poucas horas depois desse desastre, Sean Penn voou até ao Haiti e mobilizou uma poderosa rede de médicos, bombeiros e funcionários do governo com o intuito de se começar a agir rapidamente, criando a J / P Haitian Relief Organization e atual Community Organized Relief Effort (CORE). Desde então, o ator continua ligado à fundação que trabalha atualmente com uma equipa de mais de 150 funcionários para reconstruir e repensar as comunidades. Na altura, o Presidente Rene Préval concedeu a Penn uma medalha pelo seu trabalho e os seus esforços para manter o país sob os holofotes dos meios de comunicação. Dois anos depois, o ministro das Relações Exteriores nomeou-o “embaixador geral do Haiti”.

 

Angelina Jolie - A mulher com o coração em África

Angelina Jolie é uma das maiores e mais notórias ativistas dos direitos humanos, apoio aos refugiados e causas ambientais. Já se envolveu numa série de iniciativas que lhe valeram uma série de títulos, como Enviada Especial do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, Embaixadora da Boa Vontade da ONU, dama da Ordem de São Miguel e São Jorge e vencedora do prémio humanitário Jean Hersholt. É dona da fundação Harnas Wildlife Foundation, orfanato de vida selvagem e centro médico que fica no deserto de Kalahari; adepta do trabalho de conservação da reserva natural Naankuse Wildlife Sanctuary e, por fim, financiadora de projetos de conservação de grandes mamíferos na Namíbia.

 

Leonardo DiCaprio - O amante da vida selvagem

Será muito difícil falarmos de causas ambientais sem que nos lembremos do nome Leonardo Dicaprio. Em 1998, o ator decidiu criar sua própria fundação – a Leonardo DiCaprio Foundation – para apoiar projetos que salvam espécies ameaçadas de extinção e implementando soluções inovadoras que ajudam a restaurar o equilíbrio dos ecossistemas ameaçados. Além disso, DiCaprio encontra-se envolvido com outros grupos como o Natural Resources Defense Council, a Global Green USA e a International Fund for Animal Welfare, o Fundo Internacional para o Bem-Estar Animal. Em 2010, sensível à “dizimação” da população de tigres no mundo, o ator doou um milhão de dólares ao WWF, para salvar os animais de extinção. Em 2014 foi nomeado como o Representante das ONU sobre as Mudanças Climáticas.

 

Oprah Winfrey - A Filantropa

Apresentadora, jornalista, escritora, psicóloga, entre muitas outras coisas, Oprah foi considerada pela Forbes uma das mulheres mais filantropas do mundo. Não é caso para menos:_doa anualmente mais de 50 milhões de dólares para várias acções e organizações, incluindo a sua Oprah’s Angel Network e a Academia da Liderança, que gere uma escola para mais de 170 raparigas na África do Sul. Além disso, em 2012, conquistou o prémio Jean Hersholt, um Óscar honorário dado a quem se destaca em causas humanitárias. Oprah dá ainda nome a uma lei, pela qual lutou no Senado americano, que criou uma base de dados com todas as pessoas condenadas por terem abusado de menores.

 

Edward Norton - Embaixador da biodiversidade

Edward Norton não é apenas protagonista de grandes produções de Hollywood, como Clube de Combate (1999) ou O Ilusionista (2006), mas também de várias causas ligadas ao meio ambiente. Nomeado em 2010 Embaixador da Boa Vontade da ONU para a Biodiversidade, Norton é membro do conselho de um fundo pela conservação da vida selvagem e lançou uma plataforma social digital para estimular a participação em trabalhos beneficentes. Ativista de longa data, o ator americano chegou a arrecadar mais de 1 milhão de dólares, após participar na maratona de Nova York, que doou a comunidades locais no Quénia. E é um dos principais mecenas de ONGs ambientalistas, como a Wilderness Society e a Earthjustice.

 

Emma Watson - A defensora das mulheres

O mundo continua a chamar-lhe Hermione Granger, pelo seu grande sucesso na saga Harry Potter, mas a atriz britânica não acredita apenas na magia e poder representados nos seus filmes: destaca-se também pela maneira como luta pelos direitos das mulheres em todo o mundo, tendo sido nomeada pela ONU Mulheres como Embaixadora da Boa Vontade para defender o empoderamento de mulheres jovens. A artista já doou mais de 3 milhões de euros para campanhas contra o assédio. Além disso, luta pela sustentabilidade e veste apenas marcas que cuidam do meio ambiente, tendo chegado a criar uma conta no Instagram para partilhar os seus looks sustentáveis.

Ler Mais


×

Pesquise no i

×