16/9/21
 
 
Por um triz. Cavaleira Luciana Diniz afastada da luta para as medalhas após penalização no penúltimo obstáculo

Por um triz. Cavaleira Luciana Diniz afastada da luta para as medalhas após penalização no penúltimo obstáculo

AFP Jornal i 04/08/2021 13:45

A cavaleira concluiu a prova, num circuito complicado, em 84,69 segundos, mas o cavalo derrubou o penúltimo obstáculo.

A cavaleira Luciana Diniz e o seu cavalo, Vertigo du Desert, terminaram a final de saltos de obstáculos em 10.º lugar, devido a uma penalização que a impediu de lutar pelas medalhas nos Jogos Olímpicos de Tóquio2020. 

O sonho de sair medalhada do Parque Equestre de Tóquio esteve muito perto das mãos da luso-brasileira. A cavaleira concluiu a prova, num circuito complicado, em 84,69 segundos, mas o cavalo derrubou o penúltimo obstáculo, tendo sido atribuída uma penalização de quatro pontos, que a deixou de fora dos primeiros lugares num "jump off". 

Luciana Diniz apurou-se, na terça-feira, para a final com uma prova terminada em 85,62 segundos, sem qualquer penalização. 

A atleta de 50 anos chegou a representar o Brasil nos Jogos Olímpicos de Atenas2004, posicionando-se em 38.º lugar. Já sob a bandeira portuguesa ao peito, a cavaleira participou no concurso de saltos em Londres2012, ficando em 12.º lugar, e no Rio2016, ao obter o 9.º lugar.

 
 
 

 

 

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×