25/9/21
 
 
Mortes por covid-19 ocorreram em todas as regiões de Portugal continental

Mortes por covid-19 ocorreram em todas as regiões de Portugal continental

Miguel Silva Jornal i 03/08/2021 15:00

Há menos 23 pessoas internadas com covid-19 nos hospitais. Lisboa e Vale do Tejo volta a registar maior número de novos casos e de mortes. 

A covid-19 contagiou mais 2.076 pessoas e vitimizou 19, revela o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), divulgado esta terça-feira. Portugal já confirmou 974.203 infeções e 17.397 óbitos desde o início da pandemia.

Depois de uma subida na segunda-feira, o número de internados sofreu, nas últimas 24 horas, uma redução significativa. Há 945 pessoas hospitalizadas com covid-19, menos 23 do que ontem.

Porém, o número de internados em Unidades de Cuidados Intensivos aumentou, havendo 204 – mais um do que na véspera – infetados a necessitar de maior assistência médica.

Lisboa e Vale do Tejo (LVT) volta a reportar o maior número de novos casos diários, ao diagnosticar 799 contágios. Logo de seguida, está o Norte com 720 infeções, Centro com 274, Alentejo com 121 e Algarve com 120. Quanto aos arquipélagos, a Madeira registou 23 casos e os Açores 19.  

Em relação às vítimas mortais, todas as regiões do território continental reportaram pelo menos uma morte. LVT registou mais de metade das mortes: 10 de 19. Segue-se o Norte com cinco, Centro com duas e o Alentejo e Algarve com uma.

Mais 4.368 pessoas recuperaram do vírus, elevando o total de recuperados do país para 909.330 desde março de 2020.

Portugal tem 47.476 casos ativos, menos 2.311 em relação a segunda-feira, e há 72.367 contactos sob vigilância, uma redução de 1.804.

A matriz de risco foi atualizada pela DGS esta segunda-feira e será alterada amanhã. 

Segundo os dados divulgados ontem, o índice de transmissibilidade, seja em Portugal ou apenas no território nacional, é de 0,94.

A taxa de incidência também está numa fase decrescente. Se contarmos com todo o território português, a incidência baixou de 419,2 para 394,6 casos de infeção por 100 mil habitantes nos últimos sete dias.

No continente, a situação também diminuiu, mas continua acentuada, tendo passado dos 439,3 para os 403,1 casos por 100 mil habitantes.

Consulte aqui o boletim epidemiológico da DGS

Ler Mais


×

Pesquise no i

×