24/9/21
 
 
76 anos após o fim da II Guerra Mundial, ex-guarda de campo de concentração nazi vai ser julgado

76 anos após o fim da II Guerra Mundial, ex-guarda de campo de concentração nazi vai ser julgado

Creative Commons Redação 01/08/2021 15:17

O homem é acusado de cumplicidade de assassinato em 3.500 casos.

Um ex-guarda de 100 anos do campo de concentração nazi de Sachsenhausen, perto de Berlim, irá a julgamento no outono, 76 anos após o fim da Segunda Guerra Mundial, segundo informação veiculada pelo semanário alemão Welt am Sonntag.

Sabe-se que o tribunal distrital de Neuruppin admitiu as acusações de cumplicidade de assassinato em 3.500 casos e o réu deve pode ser julgado entre 2 a 2 horas e meia por dia, disse o porta-voz do tribunal ao jornal. O tribunal não estava disponível para comentar o assunto ao órgão de informação suprarreferido no fim de semana.

O homem teria trabalhado como guarda do campo de 1942 a 1945 em Sachsenhausen, onde cerca de 200.000 pessoas foram presas e 20.000 assassinadas. Embora o número de suspeitos de crimes nazis esteja a diminuir, os promotores ainda se tenta que sejam levados à justiça. 

Recorde-se que, no passado mês de fevereiro, Irmgard F., de 95 anos, antiga secretária do comandante do campo de concentração nazi de Stutthof., foi acusada de cumplicidade na morte de mais de 10.000 judeus. À época, era menor de 21 anos e, por isso, segundo a lei alemã, será julgada num tribunal de menores, onde poderá receber uma sentença mais leve.

Ler Mais


×

Pesquise no i

×