25/9/21
 
 
Comparticipação de testes rápidos mantém-se até final de agosto

Comparticipação de testes rápidos mantém-se até final de agosto

AFP Jornal i 29/07/2021 11:15

Recorde-se que a gratuitidade dos testes antigénio serve apenas para o máximo de quatro testes por mês civil e por utentes do Serviço Nacional de Saúde, com exceção de menores de 12 anos, pessoas com a vacinação completa após 14 dias e todos os que tenham o certificado de recuperação.

A comparticipação dos testes rápidos de antigénio (TRAg) de uso profissional à covid-19 foi prorrogada pelo Ministério da Saúde até ao final de agosto.

Este regime excecional de comparticipação iria terminar no sábado, mas o Governo decidiu estendê-la por mais um mês e poderá ser alvo de uma nova prorrogação.

"Perante a atual situação epidemiológica, importa assegurar a manutenção da vigência do regime excecional e temporário estabelecido, continuando a intensificar a utilização de testes para deteção do SARS-CoV-2, realizados de forma progressiva e proporcionada ao risco", assinalou o Executivo.

Recorde-se que a gratuitidade dos testes antigénio serve apenas para o máximo de quatro testes por mês civil e por utentes do Serviço Nacional de Saúde, com exceção de menores de 12 anos, pessoas com a vacinação completa após 14 dias e todos os que tenham o certificado de recuperação.

Agora, existem 450 farmácias e 105 laboratórios a aderir a esta iniciativa do Governo, segundo indica a Autoridade Nacional de Medicamentos – Infarmed. Os locais disponíveis podem ser consultados no site do Infarmed.

Ler Mais


×

Pesquise no i

×