25/9/21
 
 
Simone Biles não vai participar na final de all-around

Simone Biles não vai participar na final de all-around

AFP Jornal i 28/07/2021 10:35

A notícia foi anunciada pelo órgão oficial da Federação norte-americana de Ginástica, ao dizer que apoia a sua decisão, elogiando a coragem da atleta de 24 anos.

Simone Biles, uma das maiores estrelas da nação norte-americana e do mundo da ginástica artística, desistiu da final do all-around dos Jogos Olímpicos de Tóquio’2020, após interromper a sua participação na final de equipas realizada esta terça-feira.

A notícia foi anunciada pelo órgão oficial da Federação norte-americana de Ginástica, ao dizer que apoia a sua decisão, elogiando a coragem da atleta de 24 anos.

“Depois de avaliações médicas adicionais, Simone Biles retirou-se da final individual All Around dos Jogos Olímpicos de Tóquio para se concentrar na própria saúde mental. A Simone vai continuar a ser avaliada diariamente para determinar se vai ou não participar nas finais individuais da próxima semana. Apoiamos a decisão da Simone com todo o nosso coração e aplaudimos a coragem de dar prioridade ao seu bem-estar. A sua coragem mostra, uma vez mais, o porquê de ser um exemplo para tanta gente”, assinalou a USA Gymnastics, em comunicado, divulgado esta quarta-feira.

A ginasta norte-americana, considerada a melhor de sempre, era a grande favorita à vitória da prova que irá decorrer amanhã. Ainda nos resta saber se Simone Biles vai participar nas finais de aparelhos individuais.

O símbolo de excelência americana desistiu ontem da prova de equipa, levando as russas à vitória da medalha de ouro que apenas venceu esta prova na altura em que o país era União Soviética. À primeira vista, a razão para abandonar a prova seria uma lesão, mas Simone Biles retirou-se da competição para proteger a própria saúde mental, deixando o mundo sensibilizado com a sua atitude.

Aos jornalistas, a ginasta, de 24 anos, explicou o porquê da decisão. “Depois da exibição que fiz, não quis continuar. Tenho de me concentrar na minha saúde mental. A saúde mental é cada vez mais importante no desporto agora”, disse, citada pela BBC.

Biles afirmou que “temos de proteger as nossas mentes e os nossos corpos, e não apenas continuar a fazer aquilo que o mundo quer que façamos”.

"Não confio em mim como confiava antes. Talvez esteja a envelhecer. Houve dias em que toda a gente tweeta sobre ti e sentes o peso do mundo. Não somos apenas atletas. Somos pessoas e às vezes temos de dar um passo atrás", acrescentou em lágrimas.

Ler Mais


×

Pesquise no i

×