16/9/21
 
 
Otelo. "Há formas múltiplas de homenagear os nossos grandes"

Otelo. "Há formas múltiplas de homenagear os nossos grandes"

Bruno Gonçalves Jornal i 28/07/2021 09:09

António Costa diz que “o Estado tem de procurar manter coerência e consistência”.

"O Estado tem de procurar manter coerência e consistência relativamente às formas como homenageia os maiores que nos deixam, nem todas as figuras têm merecido esta distinção [luto nacional]”, declarou o primeiro-ministro nesta terça-feira, nas cerimónias fúnebres de Otelo Saraiva Carvalho, em Lisboa. 

Reagindo à polémica decisão de não decretar luto nacional pela morte de Otelo, defendeu que “há formas múltiplas de homenagear os nossos grandes” e explicou que “obviamente o Estado curva-se perante a memória do general Otelo”.

“Creio que é inequívoca a forma como o Estado homenageia Otelo”, frisou António Costa, recordando que o Governo emitiu “imediatamente” um comunicado aquando da notícia da morte do capitão de Abril. Em retrospetiva, o chefe do Executivo contou que tem “um especial carinho” em relação ao general, porque, quando era criança, a sua mãe, Maria Antónia Palla, jornalista, foi em serviço mais de seis meses para os Bijagós (ilhas costeiras da Guiné-Bissau) “e a única ponte de contacto entre nós era assegurado através do responsável da assessoria de imprensa – que era precisamente Otelo (...)”.

A seu lado, o Presidente da República justificou igualmente a decisão. “Penso que pesou o facto de figuras que eu já referi, como Salgueiro Maia, Melo Antunes, não terem merecido essa homenagem. Olhando para trás, é pena que não tenham merecido”, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa,  adiantando que “na altura não ocorreu e, portanto, para não abrir um debate sobre vários nomes cimeiros, qual o mais cimeiro”, o Governo não deu o “passo”. 

“Quem decide o luto nacional é o Governo e, portanto, respeito a decisão que foi tomada. Compreendo que, neste momento, essa é uma questão que não se coloca. As homenagens ao Otelo podem ser feitas nesse contexto ou noutro, bastante mais tarde”, afirmou por seu lado Eduardo Ferro Rodrigues.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×