25/9/21
 
 
Receita: Huevos (não tão) Rotos com Salsa Mexicana

Receita: Huevos (não tão) Rotos com Salsa Mexicana

Chef Sílvia Ferreira-Campos 26/07/2021 20:41

Adoro tudo que posso comer a qualquer hora do dia, sem que seja exatamente rotulado com pequeno-almoço, almoço ou jantar. A ideia de não seguir regras nem ser convencional agrada-me. 

Os Huevos Rotos caem nessa categoria, posso comer a qualquer hora do dia, este que é um prato comum em Madrid e por toda a Espanha, pode, na verdade, ser originário das Ilhas Canárias.

As suas origens não são inteiramente conhecidas, mas huevos rotos datam de pelo menos o início de 1800, onde foi notado pelo escritor americano Richard Ford, depois de passar um tempo na Espanha, um prato que era comido por famílias mais pobres... verdade ou não, apenas sei que é absolutamente delicioso e reconfortante, ideal para a família, para partilhar com os amigos ou para comer sozinha. É acessível, fácil de fazer e com ingredientes que temos sempre por casa.

Claro que porque é verão e o nosso corpo exige coisas frescas, e nada como dar-lhe o que ele pede. Então porque não juntar o melhor de dois mundos, e porque não uns Huevos (não tão) Rotos e uma Salsa mexicana?

O tomate está em estação, dizem que foi trazido pela primeira vez para a Europa pelos espanhóis depois da conquista do México. Era um fruto, pouco usado naquela altura e ganhou popularidade, primeiro em Itália, depois em Espanha e a seguir em todos os países mediterrâneos. E esta é a altura que se deve usar e abusar do tomate, entre outros é riquíssimo em água e destaco o licopeno que é um potente antioxidante capaz de proteger as células do nosso organismo contra os efeitos nocivos do excesso de radicais livres ...

Posso assegurar-lhe que foi uma belíssima combinação

Esta é a minha versão

 

Huevos (não tão) Rotos com Salsa Mexicana

Serve 2 porções

Ingredientes para os huevos

3 batatas doces médias bem lavadas e cortadas as rodelas
4 ovos caseiros
Sal rosa qb
Pimenta preta de moinho
Paprika fumada

Para a Salsa Mexicana

2 tomates de cacho picados com pele e sementes
1 mão cheia de coentros picados folhas e talos
1 a dois piripíri serrano ou malaguetas
½  cebola branca pequena (eu não tinha e usei roxa)
1 dente de alho picadinho (eu opto sempre por esborracho para depois descartar)
Sal qb

 

MÉTODO

Colocar as batatas a cozer em água abundante, durante 6 a 7 min, este tempo de cozedura depende da espessura de corte da batata;

Numa frigideira antiaderente colocar água para forrar a base, deixar aquecer até formar bolhas, colocar cautelosamente os ovos, baixar o lume para o mínimo e tapar para criar efeito vapor, 5 minutos mais do que suficiente isto se como eu gostar-se deles a escorrer ...

Para a Salsa Mexicana

Numa tigela juntar todos os ingredientes, ajustar os sabores especialmente de sal e piripíri. Pode ser conservado até três dias em frasco de tampa hermética. Antes de servir, deixar à temperatura ambiente.

Dispôr as batatas, os ovos e a salsa e regar com um fio generoso de azeite e uma pitada de paprika fumada, que lhe confere aquele toque rústico e um sabor mais intenso.

 

Notas de preparação

- Eu uso sempre o alho esborrachado, que depois descarto, por causa dos fruta nos presentes, não consigo digerir e também evita que fique muito forte;

- A cebola coloco sempre em água fria por dez minutinhos para cortar reduzir a pungência;

Bem claro que não é preciso fazer nada disto, mas não recomendo se depois se for para um encontro, que envolva sedução ou beijos.

Ler Mais


×

Pesquise no i

×