4/8/21
 
 
Decisão da comissão técnica sobre vacinação de jovens a partir dos 12 anos será conhecida em breve

Decisão da comissão técnica sobre vacinação de jovens a partir dos 12 anos será conhecida em breve

AFP Jornal i 21/07/2021 21:11

A ministra da Saúde, Marta Temido, indicou, esta quarta-feira, que a DGS pediu duas semanas para avaliar os pareceres da comissão técnica sobre os jovens e eventuais calendários de vacinação.

A norma sobre a vacinação contra a covid-19 em crianças a partir dos 12 anos está a ser revista, confirmou a Direção-Geral da Saúde (DGS). Em breve, a comissão técnica irá tomar uma posição sobre esta medida.

"A norma está em revisão e o mais breve possível a comissão técnica decidirá", revelou uma fonte da DGS à agência Lusa.

A ministra da Saúde, Marta Temido, indicou, esta quarta-feira, que a DGS pediu duas semanas para avaliar os pareceres da comissão técnica sobre os jovens e eventuais calendários de vacinação, definindo assim a sua posição.

"Aquilo que a DGS nos transmitiu ser o entendimento da Comissão Técnica de Vacinação é que será desejável dispor de mais algum tempo e referiram-nos um prazo de duas semanas para perceber mais em detalhe quais são os calendários", apontou Marta Temido, ao assinalar que o governo não recomenda a inoculação de vacinas, mas sim aplica as indicações das entidades técnicas sobre esta matéria.

De acordo com a ministra da Saúde, os pareceres preliminares indicam "uma priorização do grupo etário dos 18 aos 16 anos" e "uma priorização de vacinação de crianças com comorbilidades na faixa" abaixo, entre os 15 e os 12 anos.

Independentemente da posição, Temido disse que o executivo e a task-force estão preparados para qualquer possibilidade.

"Caso a indicação técnica seja de que é para vacinar os meninos dos 12 aos 18 anos, é para vacinar. Se a indicação técnica for noutro sentido, naturalmente que acomodaremos as nossas necessidades", destacou, ao afirmar que a campanha de vacinação está preparada para “começar a vacinar abaixo dos 18 anos na última semana de agosto”.

Já após a intervenção de Temido junto dos jornalistas, António Costa, no debate sobre o estado da nação, anunciou que, entre 14 de agosto e 19 de setembro, 570 mil crianças e jovens dos 12 até aos 17 anos irão estar completamente vacinadas contra a covid-19.

"Aguardamos uma decisão final da Direção Geral de Saúde sobre a vacinação desta população. Mas tudo está preparado para nos fins de semana entre 14 de agosto e 19 de setembro serem administradas as duas doses de vacina às cerca de 570 mil crianças e jovens entre os 12 e os 17 anos", declarou o primeiro-ministro.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×