27/7/21
 
 
Lewis Hamilton alvo de insultos racistas após vitória no GP da Grã-Bretanha

Lewis Hamilton alvo de insultos racistas após vitória no GP da Grã-Bretanha

Instagram/Lewis Hamilton Jornal i 19/07/2021 11:00

A Mercedes, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e a Fórmula 1 emitiram um comunicado conjunto a condenar os comentários racistas.

Lewis Hamilton foi alvo de insultos racistas nas redes sociais após sair vitorioso do Grande Prémio da Grã-Bretanha, no domingo. Em causa está o facto de o britânico ter batido contra Max Verstappen, logo na primeira volta, empurrando o holandês para a barreira de proteção, o que acabou com as suas hipóteses na corrida.

A Mercedes, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e a Fórmula 1 emitiram um comunicado conjunto a condenar os comentários racistas.

“Durante e depois do Grande Prémio da Grã-Bretanha de ontem [domingo], Lewis Hamilton foi alvo de várias situações de abuso racista nas redes sociais, após uma colisão na corrida”, lê-se na nota.

“A Fórmula 1, a FIA e a equipa Mercedes condenam este comportamento nos termos mais veemente possíveis. Estas pessoas não tem lugar no nosso desporto e pedimos que sejam responsabilizados pelas suas ações”, acrescentam.

Também a Red Bull condenou os insultos. “Como equipa, estamos enojados e tristes por testemunhar os insultos racistas que o Lewis sofreu ontem nas redes sociais”, afirmou em comunicado, acrescentando que “nunca há desculpa para o racismo” e que os “responsáveis devem ser responsabilizados”.

Os comentários insultuosos nas redes sociais e a incapacidade das empresas para os evitar estiveram sob escrutínio durante a semana passada, após Marcus Rashford, Jadon Sancho e Bukayo Saka – os três jogadores da seleção de Inglaterra que falharam grandes penalidades na final do Euro’2020 contra Itália – terem sido vítimas de manifestações racistas após o jogo.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×