18/10/21
 
 
Black Lives Matter pede a EUA para acabar com as sanções contra Cuba

Black Lives Matter pede a EUA para acabar com as sanções contra Cuba

Jornal i 15/07/2021 14:59

O movimento anti-racismo culpa o governo dos EUA por provocar graves perdas financeiras à Cuba que complicaram a compra de vacinas contra a covid-19 e material para se protegerem.

O movimento anti-racismo, Black Lives Matter, culpou os Estados Unidos pela crise que os cubanos estão a enfrentar após décadas de rigidas sanções do governo norte-americano.

Um comunicado pelo movimento nas redes sociais, após manifestantes pró-democracia saírem às ruas de várias cidades no último fim de semana, condena as sanções adotadas pelos Estados Unidos e insta o Presidente Joe Biden a abandoná-las..

“Black Lives Matter condena o tratamento desumano do governo federal dos EUA aos cubanos e insta-o a suspender imediatamente o embargo económico. Esta política cruel e desumana, instituída com a intenção explícita de desestabilizar o país e minar o direito dos cubanos de escolher seu próprio governo, está no cerne da atual crise de Cuba", pode ler-se no comunicado.

“O povo de Cuba está a ser punido pelo governo dos Estados Unidos porque o país manteve seu compromisso com a soberania e a autodeterminação. Os líderes dos Estados Unidos tentaram esmagar esta revolução durante décadas. Em vez de amizade, respeito e boa vontade internacionais, o governo dos EUA apenas instigou o sofrimento para os 11 milhões de habitantes do país", acrescentam, culpando o governo dos EUA por provocar graves perdas financeiras à Cuba que complicaram a compra de vacinas contra a covid-19 e material para se protegerem.

Ler Mais


Especiais em Destaque

×

Pesquise no i

×