29/11/21
 
 
Só Ricciardi é absolvido pela CMVM

Só Ricciardi é absolvido pela CMVM

José Sérgio Jornal i 10/07/2021 15:27

Em causa está o processo dos lesados do Banco Espírito Santo (BES), ou seja, a venda de dívida de empresas do Grupo Espírito Santo aos balcões do BES e que levou a fortes perdas para muitos investidores.

José Maria Ricciardi não foi multado pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a par de Pedro Mosqueira Amaral e Ricardo Abecassis Espírito Santo. Sendo que Ricciardi foi o único entre os membros da Comissão Executiva do BES envolvidos no processo que foi ilibado pela CMVM.

O regulador condenou Ricardo Salgado em dois milhões e a cumprir um período de inibição de 10 anos em qualquer sociedade comercial cotada. Também quatro ex-administradores executivos (José Manuel Espírito Santo, Amílcar Morais Pires, Joaquim Góis e Rui Silveira) foram visados, com o total das multas a ascender a quase 4,5 milhões de euros.

Em causa está o processo dos lesados do Banco Espírito Santo (BES), ou seja, a venda de dívida de empresas do Grupo Espírito Santo aos balcões do BES e que levou a fortes perdas para muitos investidores.

A par da falsificação de contas, o regulador condena também a prestação de informação errada aos investidores e o conflito de interesses dos investidores que exerciam funções nas empresas que emitiram a dívida e ao mesmo tempo no BES, banco que vendia essa mesma dívida.

Ler Mais


×

Pesquise no i

×