30/7/21
 
 
Autárquicas. Suzana Garcia apresenta hoje candidatura com Goucha na Comissão de Honra

Autárquicas. Suzana Garcia apresenta hoje candidatura com Goucha na Comissão de Honra

Mafalda Gomes Henrique Pinto de Mesquita 07/07/2021 08:54

Goucha prometeu que “não se largariam” e assim cumpriu. Rodrigues dos Santos vai discursar e Rio estará ausente.

“Mas nós não nos vamos largar” – assim se despediam Manuel Luís Goucha e Suzana Garcia no momento em que esta anunciava abandonar o seu comentário na TVI, em setembro de 2020. Assim  prometido, assim cumprido: o conhecido apresentador televisivo será o Presidente da Comissão de Honra da Candidatura de Suzana Garcia à Câmara Municipal da Amadora, cuja apresentação será hoje pelas 19h00 e conta com os apoios do PSD, CSD-PP, MPT, Aliança e PDR.

Serão ainda revelados os candidatos às Juntas de Freguesia e à Assembleia Municipal. A apresentação, que ocorrerá no anfiteatro ao ar livre do Parque Central da Amadora de acordo com todas as recomendações da DGS, contará ainda com as presenças e intervenções do Presidente do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos, do Presidente do MPT, Pedro Soares Pimenta e do Vice-Presidente do PSD, Prof. David Justino. Rui Rio – que há uns tempos admitia nunca ter falado com a candidata e lhe pedia mais contenção verbal do que a demonstrada na televisão – não estará presente. Mastiksoul ficou responsável por produzir o hino da campanha.

Na corrida à Câmara Municipal da Amadora, Suzana Garcia terá pela frente Carla Teixeira, atual Presidente de Câmara socialista que será recandidata pelo mesmo partido, António Borges pela CDU, Deolinda Martín pelo BE e José Dias pelo CHEGA. PPM e RIR coligar-se-ão numa candidatura cujo cabeça de lista não foi anunciado.

Polémicas O i recorda que Suzana Garcia está envolvida em múltiplas polémicas. A antiga comentadora do programa de Manuel Luís Goucha chegou mesmo a ser duas vezes tentada politicamente pelo Chega, rejeitando ambas.

Entre outras histórias e historietas, Suzana Garcia fez notícia quando, por exemplo, desejou “que o Bloco de Esquerda fosse exterminado” – o que levou a que o partido visado pedisse a sua demissão a Rio, alegando que este tinha a “obrigação de responder pela violência e discurso de ódio que está a introduzir na campanha autárquica”. O pedido, como vemos, foi em vão.

Outra posição polémica de Suzana Garcia é a defesa da castração química de pedófilos. Aquando do seu anuncio como candidata à Amadora, André Ventura saudou a escolha de Suzana Garcia para a Amadora, classificando-a como “boa evolução” de Rui Rio.

Quem é e o que promete? Cresceu durante o Apartheid, é jurista e ex-comentadora do programa Você na TV, da TVI. Suzana – com “z” e não com “s” - saltou para a ribalta em 2016. Nessa, debaixo dos modernos holofotes das redes sociais, destacou-se pela polémica, como acima atestado.

Pretende agora dar o salto para o palco da política e tem planos bem delineados para um concelho historicamente governado pela esquerda.

Ao i, em maio deste ano, considerou que essa mesma esquerda fez da Amadora “uma Venezuela sem petróleo” e prometeu que, ganhando-a – algo de que não duvida -, a transformará “numa Singapura”. Vê em Alberto João Jardim um exemplo e garante que se conseguir fazer na Amadora o que este fez na Madeira poderá “morrer feliz”.

A candidata - que nunca tinha visitado a Amadora antes de 2021 -, vê em Oeiras um exemplo de performance autárquica e pretende mudar as suas políticas de educação. Oeiras, no passado, concedeu 800 bolsas de estudos. Já Suzana Garcia, identificando a taxa de abandono escolar na Amadora como um problema, pretende conceder 1500 não “só para jovens, mas também para adultos”. 

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×