29/7/21
 
 
Moratórias. Garantias do Estado serão "um bom instrumento"

Moratórias. Garantias do Estado serão "um bom instrumento"

Jornal i 22/06/2021 17:56

Mourinho Félix acena com medidas temporárias.

Para o presidente da Caixa Geral de Depósitos, a disponibilidade do Governo em garantir uma parte das moratórias é “um bom instrumento” para um apoio às empresas, mas considera que o mesmo deve ser “cirúrgico e limitado”. Paulo Macedo não tem dúvidas: “Não vale a pena estar com tratamentos generalizados como foi no início da crise”. 

Em causa está a medida anunciada pelo Governo no final de maio no que diz respeito ao apoio na reestruturação dos créditos sob moratória nos setores mais afetados pela pandemia, prestando garantia de Estado sobre parte da dívida para “incentivar” os bancos a estenderem a maturidade e concederem “alguma carência”, garantiu, na altura, Pedro Siza Vieira. 

No entender de Paulo Macedo, esta solução faz mais sentido do que a prorrogação das moratórias. “O que é importante é que as empresas que não têm cash-flow sejam apoiadas”, recordando que foi aprovada, pelo parlamento, a prorrogação, até 31 de dezembro, das moratórias bancárias, “se as autoridades europeias aprovassem”. E acrescentou: “As nossas moratórias foram mais generosas do que em outros países”, referiu, indicando que, “mais do que prolongar ou não as moratórias, o que pensamos é que é essencial apoiar as empresas e os setores que não conseguiram recuperar”. Isto significa que, de acordo com o banqueiro, “o “importante não é uma extensão das moratórias” e sim capitalizar as empresas.

Também o vice-presidente do Banco Europeu de Investimento (BEI), Ricardo Mourinho Félix, considerou que as moratórias “foram um contributo fundamental que permitiu a muitas empresas, nesse período, não tendo receitas, continuar a manter as suas portas abertas e não entrar em situações de incumprimento”. Mas lembrou que estes instrumentos são sempre temporários. 

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×