2/8/21
 
 
Rio fecha Academia para mulheres

Rio fecha Academia para mulheres

AFP Luís Claro 12/06/2021 17:25

‘É fundamental que as mulheres acreditem que são capazes e percebam que a política não é um mundo de homens’, diz Lina Lopes, Presidente da Academia de Formação Política.

Rui Rio, José Manuel Bolieiro e Paulo Rangel são as principais figuras da 6ª Academia de Formação Política para Mulheres do PSD que conta com a participação de várias deputadas e autarcas do partido. O encontro, que se realiza este fim de semana, nos Açores, visa dar formação políticas às militantes e simpatizantes do PSD. 

«A formação política é muito importante. É também fundamental que as mulheres acreditem que são capazes e que percebam que a política não é um mundo de homens», diz ao Nascer do SOL Lina Lopes, presidente da Academia de Formação Política e deputada à Assembleia da República. 

O encerramento do evento, que volta a ser presencial depois de no ano passado ter sido via plataformas online, devido à pandemia da covid-19, será feito no domingo pelo presidente do PSD, Rui Rio. 

Na última edição, o líder do PSD desabafou que o partido quer «dar destaque às mulheres», mas «a realidade» é que «há muito poucas»  disponíveis.  «Hoje conseguimos homens para a política, temos muito mais dificuldades em arranjar mulheres para a política. Estas ações de formação, quando destinadas a mulheres, têm essa utilidade adicional, conseguir captar o interesse das mulheres para a vida política». lamentou Rio no ano passado.
Lina Lopes diz que é preciso perceber se as mulheres estão ou não disponíveis para entrar na vida política e promete estudar o assunto nos próximos tempos. «Vamos fazer esse trabalho. As mulheres com que falo estão disponíveis. Temos de perceber o que se passa».

A deputada social-democrata admite que ainda há poucas mulheres na política, nomeadamente à frente das câmaras municipais e das juntas de freguesia, e reconhece que sem quotas a situação seria ainda pior. 

Na Academia de Formação Política para Mulheres do PSD participam a presidente do Instituto Francisco Sá Carneiro e eurodeputada Maria da Graça Carvalho, a comissária europeia Mairead McGuinness, a vice-presidente do grupo parlamentar do PSD Catarina Rocha Ferreira, a vice-presidente da Câmara Municipal  da Madalena do Pico, Catarina Manito, e a dirigente da JSD de São Miguel Vitória Raposo.

O futuro da Europa, a participação das mulheres no poder local ou «a representação equilibrada de mulheres em lugares de topo» são alguns dos temas em debate no encontro, que irá dar formação a mais de meia centena de mulheres ligadas ao partido. 

Por esta academia, promovida pelas Mulheres Sociais-Democratas (MSD) e o Instituto Francisco Sá Carneiro, já passaram figuras como Francisco Pinto Balsemão, Cavaco Silva, Nuno Morais Sarmento e Manuela Ferreira Leite. 

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×