5/8/21
 
 
Bruxelas compra 1,8 mil milhões de doses de vacina da Pfizer

Bruxelas compra 1,8 mil milhões de doses de vacina da Pfizer

Jornal i 20/05/2021 11:40

Fármaco anticovid-19 deve chegar à UE em 2022 e 2023.

A Comissão Europeia formalizou, esta quinta-feira, a aquisição de mais 1,8 mil milhões de doses da vacina anticovid-19 da BioNTech/Pfizer para combater as variantes do SARS-CoV-2, que deverão chegar à União Europeia (UE) em 2022 e 2023.

O executivo comunitário anunciou, através de um comunicado, que "assinou hoje um terceiro contrato com as empresas farmacêuticas BioNTech/Pfizer, através do qual reserva 1,8 mil milhões de doses adicionais em nome de todos os Estados-membros da UE, entre o final de 2021 e 2023".

Em causa está a "compra de 900 milhões de doses da vacina atual e de uma vacina adaptada às variantes, com a opção de adquirir 900 milhões de doses adicionais", estando estipulado que "a entrega à UE deve estar garantida desde o início do fornecimento em 2022".

Bruxelas sublinha ainda que a produção destas doses está sediada na UE, devendo a farmacêutica assegurar "entregas atempadas das vacinas".

A aposta na vacina da Pfizer é justificada por ter uma "avaliação científica sólida, na tecnologia utilizada, na experiência das empresas em matéria de desenvolvimento de vacinas e na sua capacidade de produção para abastecer toda a UE".

Para Ursula von der Leyen, este novo contrato com a Pfizer/BioNTech é visto como "uma boa notícia", dado que visa "um combate a longo prazo para proteger os cidadãos europeus contra o vírus e as suas variantes".

A presidente da Comissão Europeia adianta que "potenciais contratos com outros fabricantes seguirão o mesmo modelo, para benefício de todos".

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×