16/6/21
 
 
I Liga. Definidos os primeiros, quem serão os últimos?

I Liga. Definidos os primeiros, quem serão os últimos?

AFP José Miguel Pires 17/05/2021 20:17

A vitória do FC Porto em Vila do Conde definiu de uma vez os primeiros três lugares da tabela... mas a luta pela manutenção está em aberto.

O recém-coroado campeão nacional Sporting saiu da Luz derrotado por 4-3 na 33.ª jornada, colocando fim à sequência de 32 jogos sem perder que mantinha desde o primeiro confronto da época. A derrota acabou com o sonho leonino de fechar a temporada como campeão invicto, mas o facto é que já não havia muito para decidir. Sobretudo depois de a vitória do FC Porto por 3-0 frente ao Rio Ave, em Vila do Conde, ter definido as respetivas posições no pódio na tabela classificativa da Primeira Liga. Consequentemente, está também garantido o apuramento direto do FC Porto e do Sporting para a fase de grupos da Liga dos Campeões, ao passo que os ‘encarnados’ terão de discutir a qualificação para a fase de grupos da liga milionária. Há mais de uma década (desde a época 2008-09) que o Benfica não ficava tão mal posicionado.

No quarto e no quinto lugar, onde Sporting de Braga e Paços de Ferreira, respetivamente, asseguram o degrau da escada onde se sentam, também as posições estão já definidas, após a vitória do SC Braga frente ao Moreirense, por 2-1, horas depois da derrota do Paços de Ferreira, em casa, com o Gil Vicente, por 0-2.

No fundo da tabela, no entanto, a luta ainda está bem acesa. Farense, Rio Ave, Boavista e Portimonense são as equipas que estão na situação mais crítica no confronto pela permanência, e a luta vai manter-se até à última jornada. As contas até podiam ter ficado mais fáceis para os vila-condenses no sábado, mas a derrota na receção ao FC Porto voltou a colocar o emblema, que soma 11 partidas consecutivas sem vencer, no vermelho. E se o Marítimo assegurou a manutenção, graças à derrota do Rio Ave no confronto com o FC Porto, o Nacional da Madeira acabou mesmo por ser sentenciado à descida de divisão, no domingo, com o carrasco Famalicão, que marcou três golos frente aos insulares, enviando-os de volta para a segunda divisão, de onde subiram há um ano.

A partida foi dominada pelos famalicenses, que, com golos de Ivo Rodrigues, Iván Jaime e Carlos Valenzuela, sentenciaram o fim da vida dos madeirenses na Primeira Liga. 

O Boavista, por sua vez, conseguiu manter-se à tona, após bater o Portimonense por 1-0 no estádio do Bessa, pondo fim a uma série de cinco jogos sem vencer, o que lhe permitiu respirar, pelo menos durante uma jornada, e acreditar na manutenção do lugar no principal escalão do futebol português. Os axadrezados complicaram a vida aos algarvios, que podem ainda acabar despromovidos nesta temporada, no caso de um muito pouco provável – mas possível – empate a 34 pontos com as restantes equipas que lutam pela permanência na Primeira Liga.

Já o Farense ganhou algum fôlego nesta luta pela permanência, ao bater o Tondela, em casa, por 1-0, na jornada passada, o que lhes abriu caminho para uma difícil, mas não impossível, missão de vencer na 34.ª jornada e esperar que os resultados das restantes equipas lhe garantam a saída da zona de despromoção.

Na 34.ª jornada, tudo se decidirá nos últimos lugares da tabela classificativa, num ano em que, além de descerem os dois últimos classificados, o antepenúltimo emblema na tabela irá jogar um play-off de despromoção com o terceiro classificado da II Liga. Na quarta-feira, dia 19, todas as equipas do principal escalão do futebol português vão jogar em simultâneo a última jornada, com hora de início marcada para as 16h00. O Boavista, que conquistou três importantíssimos pontos frente ao Portimonense, na última jornada, vai até Barcelos enfrentar o Gil Vicente, num jogo que poderá definir o destino final dos axadrezados. Caso vençam, ficarão fora de perigo de despromoção, e se não o fizerem, dependerá só dos resultados dos restantes clubes em perigo. 

Como que por uma enorme coincidência, a última jornada tem programado um confronto entre o Nacional, equipa que acabou sentenciada à descida já no domingo, e o Rio Ave, que vê ainda uma luz ao fundo do túnel, mas que tem obrigatoriamente de vencer a partida para se manter como candidato à manutenção. O Farense, por sua vez, vai até aos Açores enfrentar o Santa Clara. Luta também por evitar a descida, não lhe servindo outro resultado que não a vitória.

Ler Mais


Especiais em Destaque

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×