15/6/21
 
 
Homenagens de colegas e amigos a Maria João Abreu multiplicam-se

Homenagens de colegas e amigos a Maria João Abreu multiplicam-se

Instagram Jornal i 13/05/2021 16:08

Amigos e colegas recordam a atriz e lamentam a sua morte. 

A atriz Maria João Abreu morreu, esta quinta-feira, aos 57 anos. A artista estava internada desde o passado dia 30 de abril, no Hospital Garcia da Orta, em Almada, na sequência de um aneurisma. Nas redes sociais multiplicam-se as homenagens e as mensagens de despedida de colegas e amigos da atriz.

Diogo Infante descreveu a morte de Maria João Abreu como “súbita, injusta e precoce”, deixando um abraço de coragem à família da atriz.

“A talentosa e multifacetada Maria João Abreu partiu. Nada nos prepara para uma perda destas, súbita, injusta e precoce. A toda a família um forte abraço de coragem. À Maria João, o nosso eterno obrigado por tudo o que nos deu”, escreveu o ator no Instagram,

Miguel Costa recordou “a sorte” de conviver e trabalhar com Maria João Abreu.

"Querida João. Adoro-te. Adoro-te. Amparaste-me tantas vezes, ajudaste-me, ensinaste-me, a mim e a todos os que tiveram a sorte de conviver e trabalhar contigo. Estás e estarás sempre connosco. Miguel, Ricardo, João, Zé, e toda a família, o meu forte abraço", lê-se na publicação do ator.

Já Andreia Rodrigues confessa que a morte da atriz “é difícil de aceitar”.

“Lembro-me da última conversa que tivemos....do brilho que tinhas. Lembro-me do teu sorriso e da energia incrível que sempre emanavas. É difícil aceitar. Até sempre, eterna Maria João”, escreveu a apresentadora.

Jessica Athayde escreveu apenas que “não há palavras...”. “O meu amor todo para a família”, disse.

Sofia Arruda, que atualmente contracenava com a atriz na série Patrões Fora, da SIC, partilhou uma fotografia da atriz a cores, considerando que esta era uma pessoa de “luz”.

“Minha João, nossa João. Não há palavras para esta partida tão prematura. Vou amar-te sempre. Vamos amar-te sempre . Deixo esta pequena homenagem a cores porque é assim que te vejo, a cores, com tanta tanta luz. Obrigada por tudo o que me deste! Os meus sinceros sentimentos para toda a família”, lê-se.

Também José Carlos Pereira deixou uma homenagem à atriz nas suas redes sociais.

“Não quero acreditar... minha querida João. Não posso aceitar. Que tristeza imensa... Partes cedo demais, tu e o Teu coração . Amar-te-ei sempre...”, escreveu.

César Mourão lembrou a última conversa que teve com a artista. “Obrigado pela nossa última conversa, apressados no corredor da SIC”, recordou o humorista.

Fátima Lopes disse estar em “choque” com esta partida.

“Estou em choque com a partida da Maria João Abreu. Uma mulher com M grande. Talentosa, alegre, afetuosa e genuinamente boa pessoa. Deixo o meu abraço a todos os que a amam, escreveu.

Cristina Ferreira partilhou apenas uma imagem da atriz com a descrição “Querida João”.

Teresa Guilherme escreveu: "Que tristeza a partida da Maria João Abreu. Uma atriz fantástica, uma mãe maravilhosa, uma grande mulher. Descansa em paz. Todos já sentimos muitas saudades tuas. Beijo grande para toda a família. Grande tristeza".

Nas redes sociais e fora delas, Daniel Oliveira falou comovido da atriz. “Deixa-nos um legado de talento, de boa energia. Era alguém com quem era muito fácil de trabalhar. Tocou as pessoas que conheceu de uma forma muito particular”, disse no Primeiro Jornal, da SIC, revelando que a atriz vai continuar a ser vista no ecrã da estação de Paço de Arcos “durante algum tempo”.

Também na SIC, Hernâni Carvalho falou em lágrimas da atriz. “Apagou-se uma das mais brilhantes luzes de cena dos palcos portugueses. Faleceu-nos a Maria João Abreu. Logo à noite, vai ver que o céu está mais brilhante porque tem uma estrela que manda mais luz. Afinal é a luz do seu enorme talento. Ficamos com essa estrela lá em cima, e cá em baixo ficamos com a memória de uma mulher, por vezes sofrida, mas sempre um fantástico ser humano. À família, ao teatro e aos portugueses, apresentamos os nossos mais sentidos sentimentos”, disse.

À semelhança, Manuel Luís Goucha iniciou o seu programa, na TVI, também a recordar a atriz.

“Maria João foi das maiores atrizes do teatro em Portugal, da televisão, das novelas, das comédias, dos musicais, da revista, do drama. Foi um ser excecional (…) Não haverá um único colega, uma única pessoa que não diga que não é um ser de luz. Era contagiante, era generosa, era solidária, era amiga e era um grande nome da arte de representar em Portugal”, disse o apresentador.

Nuno Santos, diretor-geral da TVI, também deixou a sua mensagem. “A Maria João Abreu era uma inspiração suprema. Uma grande atriz. Não apenas uma grande atriz popular, mas uma atriz de múltiplos talentos. Deixa saudades em todos aqueles com quem se cruzou. E somos muitos! Obrigado, Maria João. Uma mulher maravilhosa, uma mãe maravilhosa”, alguém disse na vertigem das emoções desta tarde. Eis o que fica. E fica para sempre”, escreveu.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Nuno Santos (@nuno.sant0s)

Ler Mais


Especiais em Destaque

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×