14/6/21
 
 
Inglaterra. Bruno Fernandes adia festa do City

Inglaterra. Bruno Fernandes adia festa do City

José Miguel Pires 10/05/2021 09:40

O Manchester City esteve perto de conquistar o título neste fim de semana, mas o United não deixou. Na Alemanha, o Bayern sagrou-se campeão com pompa e circunstância.

O Chelsea de Thomas Tuchel foi o principal protagonista da jornada que negou o título de campeões, para já, ao Manchester City. Ao vencer os citizens por 1-2 na deslocação até Manchester, o Chelsea tirou ao emblema de Rúben Dias, João Cancelo e Bernardo Silva a oportunidade de celebrar o título de campeões nacionais em casa.

Ainda assim, parecia ainda haver uma réstia de esperança de poder comemorar a conquista ainda durante o fim de semana. Acontece que os rivais do Manchester United, que ocupam o segundo lugar da tabela classificativa, visitaram o Aston Villa, e chegaram ao intervalo a perder por 1-0, com um golo caseiro de Bertrand Traore. Em Manchester, os citizens já começavam a preparar os foguetes para celebrar a festa que lhes tinha sido negada no dia anterior.

Mas os red devils tinham outros planos e Bruno Fernandes foi o primeiro carrasco, tanto do Aston Villa como da festa azul celeste em Manchester. Aos 52 minutos, o internacional português converteu uma grande penalidade e atingiu a igualdade no marcador, conquistando o seu 27.º golo ao serviço do Manchester United. Mason Greenwood e Edison Cavani acabaram por conseguir dilatar a margem, e, finalmente, garantir a vitória ao Manchester United, por 1-3. Assim, a festa do City, que conta mais 10 pontos que os rivais do United, terá de ficar para a próxima jornada, quando o Manchester United receba o Leicester City, em que, caso os red devils percam, o título estará garantido aos citizens que, caso contrário, ficam obrigados a vencer frente ao Newcastle United.

Wolverhampton ainda respira A jornada anterior na Premier League inglesa viu o Wolverhampton Wanderers o emblema ‘mais português’ da Premier League, bater o Brighton & Hove Albion por 2-1, numa das últimas jornadas da temporada. A equipa treinada por Nuno Espírito Santo, que deverá sair no fim da época, não teve os melhores resultados nesta época, mas não deixou mal os adeptos na receção ao Brighton, que venceu com golos de Adama Traore, assistido pelo português Fábio Silva, e Morgan Gibbs-White.

Bayern sagra-se campeão No sábado, o Bayern de Munique sagrou-se campeão da Bundesliga, pela nona vez consecutiva, com grande estrondo, ainda antes do apito inicial da partida com o Borussia Mönchengladbach, que acabaria por bater por uns estonteantes 6 a 0 no marcador, com direito a hat-trick de Robert Lewandowski, que, recorde-se, foi considerado o Melhor Jogador do Mundo no ano de 2020. Em causa esteve o facto de o Borussia Dortmund ter vencido o RB Leipzig por 3-2, o que, automaticamente, garantia o título ao emblema de Hans-Dieter Flick, que ainda assim não se poupou no jogo com o Mönchengladbach, onde aproveitou para realçar o porquê de se terem tornado eneacampeões do campeonato alemão.

 

Ler Mais


Especiais em Destaque

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×