16/6/21
 
 
Rio de Janeiro. Pelo menos 25 mortos num tiroteio em operação policial

Rio de Janeiro. Pelo menos 25 mortos num tiroteio em operação policial

AFP Jornal i 06/05/2021 20:09

Entre as vítimas está um polícia.

Um polícia e 24 suspeitos morreram, esta quinta-feira, num tiroteio numa operação policial contra o tráfico de droga, na comunidade de Jacarezinho, na zona norte do Rio de Janeiro, Brasil.

"A Defensoria Pública do Rio de Janeiro informa que está acompanhando com muita atenção os desdobramentos da operação policial que deixou 25 mortos na manhã desta quinta-feira, no Jacarezinho, Zona Norte do Rio", indicou o órgão na rede social Twitter.

"Neste momento, a instituição está no local, por meio da sua Ouvidoria e do Núcleo de Defesa dos Direitos Humanos, ouvindo os moradores e apurando as circunstâncias da operação, a fim de avaliar as medidas individuais e coletivas a serem adotadas. Desde já, manifestamos nosso pesar e solidariedade aos familiares de todas as vítimas de mais essa tragédia a acometer nosso estado", acrescentou.

Neste momento, a instituição está no local, por meio de sua #Ouvidoria e do Núcleo de Defesa dos #DireitosHumanos, ouvindo os moradores e apurando as circunstâncias da operação, a fim de avaliar as medidas individuais e coletivas a serem adotadas.

(2/3)

— Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro (@defensoria_rj) May 6, 2021

Entre as vítimas mortais está o polícia André Leonardo de Mello Frias, que foi baleado na cabeça. Chegou a receber tratamento hospitalar, mas não resistiu. Há ainda outros dois polícias feridos.

A imprensa brasileira adianta ainda que duas pessoas foram atingidas dentro do vagão do metropolitano por balas vindas do exterior.

Segundo o G1, a polícia apreendeu até às 15h30 locais (19h30, em Lisboa), 15 pistolas, seis fuzis e uma metralhadora, numa operação que envolveu 250 polícias, quatro veículos blindados e dois helicópteros.

É o maior número de mortes durante uma operação da polícia numa comunidade, segundo a plataforma Fogo Cruzado, que regista dados de violência armada desde julho de 2016.

 

Ler Mais


Especiais em Destaque

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×