13/6/21
 
 
Pessoas fora da idade indicada podem tomar vacinas da AstraZeneca e da Janssen, reitera DGS

Pessoas fora da idade indicada podem tomar vacinas da AstraZeneca e da Janssen, reitera DGS

Pool/Lusa Jornal i 05/05/2021 15:19

Em Portugal, as vacinas da Janssen e da Astrazeneca são recomendadas para as pessoas com mais de 50 e 60 anos, respetivamente.

A diretora-geral da Saúde explicou, esta quarta-feira, que as pessoas que desejem tomar as vacinas contra a covid-19 da AstraZeneca e da Janssen e estejam foram da idade recomendada podem fazê-lo. Para isso, basta que deem o seu consentimento informado.

De realçar que, em Portugal, as vacinas da Janssen e da Astrazeneca são recomendadas para as pessoas com mais de 50 e 60 anos, respetivamente.

“Se for presencial as pessoas serão esclarecidas de que vão levar aquela vacina, receberão um folheto com toda a informação necessária e se decidirem ser vacinadas serão vacinadas, e se decidirem aguardar por novos dados, nova informação que permita outra vacina, então serão depois convocadas para a vacinação”, explicou Graça Freitas, à margem de uma visita a uma escola em Lisboa, no âmbito do Dia Mundial da Higiene das Mãos.

A responsável reiterou que “o risco [de uma reação grave] é mínimo e, portanto, se uma pessoa assumir a título individual que não se importa em ter um risco infinitamente pequeno pode fazê-lo, dar o seu consentimento na altura da vacinação, ou se se criar um formulário eletrónico, pode fazê-lo através desse formulário”.

No entanto, Graça Freitas sublinhou que a pessoa terá sempre oportunidade de se pronunciar, “devidamente esclarecida, que quer essa opção” no momento da vacinação.

A diretora-geral da Saúde lembrou que, no caso da vacina da AstraZeneca, a Agência Europeia do Medicamento licenciou o fármaco, que está autorizado para qualquer idade acima dos 18 anos.

“Se está autorizada para acima dos 18 anos ser administrada a primeira dose, em coerência com essa autorização, também está a segunda”, disse, lembrando que não se pode “deixar para trás pessoas que queiram ter uma oportunidade de vacinação, assumindo elas a sua responsabilidade no processo, porque devidamente informadas devidamente esclarecidas podem fazê-lo”.

Sobre o processo de vacinação, Graça Freitas disse que só a partir desta semana e da próxima é que vai haver “vacinas em abundância para aumentar o ritmo da vacinação”.

Ler Mais


Especiais em Destaque

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×