6/5/21
 
 
Derby County. O melancólico estrebuchar dos carneiros moribundos

Derby County. O melancólico estrebuchar dos carneiros moribundos

Afonso De Melo 04/05/2021 22:35

Comandada por Wayne Rooney, a equipa do Derby perdeu os seus últimos cinco jogo e está à beira de cair para a III Divisão.

Cinco derrotas consecutivas atiraram com o Derby County para a beira do poço da descida ao terceiro escalão do futebol inglês. Talvez que para os mais jovens seja notícia que os deixe completamente nas tintas, mas ainda há quem se recorde de que a equipa neste momento treinada pela velha estrela do Manchester United, Wayne Rooney, já foi orgulhosamente campeã de Inglaterra em 1971-72 e 1974-75, e chegou a dar cartas nas competições europeias com triunfos inesquecíveis sobre o Benfica (3-0) e sobre o Real Madrid (4-1).

Derby é uma pequena cidade do condado do mesmo nome, cuja história remonta ao tempo das invasões romanas e se tornou, bem mais tarde, num dos berços da revolução industrial que mudou a face da Inglaterra. Com cerca de 250 habitantes, viu nos anos 70 o seu clube ganhar uma importância que ultrapassava largamente a sua dimensão urbana. Fundado em 1884 com o nome de Derbyshire County Cricket Club, os seus primeiros tempos de vida foram divididos precisamente entre a prática do críquete a a realização de frequentes jogos amigáveis. De repente, para surpresa geral, o pequeno clube de Derby surgiu na disputa da Taça de Inglaterra de 1885, pouco depois de ter vindo ao mundo. A euforia, natural, seria apagada por uma goleada face ao Walsall Town (0-7) sofrida em casa, mas a verdade é que a comichão competitiva fez com que os seus dirigentes quisessem mais. E o Derby tornou-se um dos pais fundadores da Liga Inglesa. Com altos e baixos, como seria de esperar de um clube minorca de uma cidade sem grandes expectativas, com as raízes cada vez mais presas à produção de seda e outro tipo de tecidos.

Os anos que se seguiram ao fim da II Grande Guerra marcaram o crescimento do Derby County. Valentemente, bateu-se pelos primeiros lugares do campeonato, tendo atingido dois quartos lugares de afilada. Mas seria preciso esperar por 1967 para se assistir à verdadeira revolução: um jovem treinador, com uma autoestima transbordante, chegou para mudar para sempre a história do Derby. Chamava-se Brian Clough.

Brian! Lado a lado com o seu companheiro de sempre, Peter Taylor, Brian arrancou o Derby da II Divisão, para a qual caíra entretanto, e em 1969 já jogava taco a taco com os melhores. Proibidos de jogar nas competições europeias por dois anos, por via de umas trapalhadas financeiras, Clough e os seus rapazes atiraram-se ao título inglês como gato a bofe. Em 1972, o inacreditável aconteceu. O pequeno Derby County, comandados em campo pelo capitão Dave McKay, conquistou o título inglês e, no ano seguinte, embora não tenham conseguido repetir a proeza, atingiram as meias-finais da Taça dos Campeões Europeus sendo eliminados pelos italianos da Juventus.

Clough nunca foi homem para se manter durante muitos anos no mesmo clube. Apesar dos sucessos, resolveu sair para o Leeds United, na altura a melhor das equipas inglesas. Falhou por completo. Seria preciso pegar no Nottingham Forest, na III Divisão, e levá-lo ao título - e consequente vitória na Taça dos Campeões - para fazer dele um dos imortais. No imediato, o Derby aguentou-se. Já com McKay no banco, como treinador, repetiram a vitória no campeonato em 1974-75. Uma espécie de canto do cisne. A pouco e pouco, o velho Derby desapareceu dos grandes momentos do futebol inglês. Em 1984 voltaram à I Liga, mas foi sol de pouca dura. As crises económicas multiplicaram-se, a falta de dinheiro obrigou o clube a baixar expectativas, o público perdeu o entusiasmo que lhe dera em quantidades federais nos anos 70. Agora sofre intimamente a possibilidade de cair para a III Divisão. Apenas três pontos o separam do último classificado, e os carneiros, como são conhecidos, têm no próximo sábado um jogo fatal contra o Sheffield Wednesday que está logo no lugar abaixo do seu, igualmente a três pontos. É tempo de erguer de novo o orgulho de Clough!

 

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×