16/5/21
 
 
"Deixaram muito claro a vossa oposição à Superliga Europeia e nós ouvimo-vos". Manchester United pede perdão aos adeptos

"Deixaram muito claro a vossa oposição à Superliga Europeia e nós ouvimo-vos". Manchester United pede perdão aos adeptos

AFP Jornal i 21/04/2021 19:00

"Continuamos a acreditar que o futebol europeu precisa de se tornar mais sustentável em toda a pirâmide a longo prazo. No entanto, aceitamos plenamente que a Superliga não foi o caminho certo a seguir", admitiu Joel Glazer, vice-presidente do clube. 

O vice-presidente do Manchester United, Joel Glazer, apresentou um pedido de desculpas, esta quarta-feira, a todos os adeptos dos red devils, depois de tudo o que aconteceu com o anúncio da Superliga europeia.

“Nos últimos dias, todos testemunhámos a grande paixão que o futebol gera e a profunda lealdade dos nossos adeptos a este grande clube. Deixaram muito claro a vossa oposição à Superliga Europeia e nós ouvimos-vos”, começa por dizer Glazer, no comunicado divulgado pelos meios de comunicação do clube inglês.

“Embora as feridas estejam em carne viva e eu entenda que levará tempo para cicatrizarem, estou pessoalmente comprometido em reconstruir a confiança com os nossos adeptos e aprender com a mensagem que transmitiram com tanta convicção", assinalou o vice-presidente.

Acrescentando: "Continuamos a acreditar que o futebol europeu precisa de se tornar mais sustentável em toda a pirâmide a longo prazo. No entanto, aceitamos plenamente que a Superliga não foi o caminho certo a seguir", admitiu.

"Na tentativa de criar uma base mais estável para o jogo”, Joel Glazer afirmou que a direção do clube não respeitou o suficiente as “tradições profundamente enraizadas e lamentamos por isso".

"Este é o maior clube de futebol do mundo e pedimos desculpas sem reservas pela inquietação causada nos últimos dias. É importante corrigirmos isso. O Manchester United tem uma rica herança e reconhecemos a nossa responsabilidade de viver de acordo com as suas grandes tradições e valores", frisou por fim.

De realçar que o Manchester United desistiu da Superliga europeia, 48 horas depois do anúncio da sua criação. Até ao momento dez clubes já abandonaram a competição: Manchester United, Chelsea, Arsenal, Tottenham, Manchester City, AC Milan, Inter, Juventus e Atlético de Madrid.

Real Madrid e Barcelona são os únicos fundadores a permanecer na competição de elite. 

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×