15/4/21
 
 
Bala perdida que matou emigrante em França terá sido disparada por outro português

Bala perdida que matou emigrante em França terá sido disparada por outro português

Jornal i 08/04/2021 11:34

Advogada da família da vítima revelou que foram detidas três pessoas, que fazem parte da comunidade cigana portuguesa da zona.

O português, que residia em França, Carlos Soares foi morto por uma bala perdida na semana passada, em Pontoise, nos subúrbios de Paris. Foram detidos três suspeitos, que também são também de origem portuguesa.

"Os três alegados autores principais estão presos preventivamente e acusados de homicídio. [...] Aparentemente os três indivíduos são da comunidade cigana portuguesa", disse Sandrine Parise-Heideger, advogada da família da vítima, à Agência Lusa.

Carlos Soares, 34 anos, cresceu no bairro Marcouville, um bairro difícil nos arredores da cidade de Pontoise. Apesar de ser uma cidade "onde as pessoas vivem bem" e "com elevado nível de vida", certos pontos desta cidade têm bairros onde "as pessoas têm dificuldades em viver em conjunto", adiantou ainda a advogada.

Apesar de já não viver em Marcouville, Carlos Soares continuava a visitar os amigos no seu antigo bairro. Estava num pequeno churrasco quando o condutor de uma carrinha terá atropelado intencionalmente um jovem, que acabaria por morrer. Um dos indivíduos no veículo saiu empunhando uma arma de fogo e começou a disparar.

O português foi atingido por uma das balas e não resistiu aos ferimentos, tendo morrido nessa mesma noite no hospital.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×