28/7/21
 
 
Receita: Couve-flor assada, com harissa, molho de soja, mel e citrinos

Receita: Couve-flor assada, com harissa, molho de soja, mel e citrinos

Chef Sílvia Ferreira-Campos 07/04/2021 16:16

Alguns historiadores acreditam que a couve-flor surgiu em 600 a.C. E que no século XV, a couve-flor era cultivada em Itália.

No entanto, foi no século XVI, e muito antes de chegar às nossas mesas,  seguindo  depois para os jardins da Índia, Inglaterra e, eventualmente, América do Norte, a couve-flor era uma elogiada iguaria rara e que fazia as alegrias do Rei Luís XIV, de França também conhecido como Rei Sol pelas suas extravagâncias. Devo dizer que deveria ser uma excelente companhia.

A couve-flor, que ganhou o nome dos termos latinos (cauli) combinados "repolho" e "flor" é da família dos brócolos, a couve de Bruxelas, a couve e o repolho, portanto das Brássicas.

Bem aqui entre nós não é das minhas famílias favoritas, mas faz-nos um bem tramado e que não devemos passar sem ela.  A couve-flor fornece alguns benefícios poderosos para a saúde. Sendo uma  grande fonte de nutrientes e com poucas calorias.

Super prática para incorporar no dia-a-dia, fácil de preparar e muito querida por quem está em dietas low-carb.

O melhor é que está na estação dela, e podemos encontrá-la por todo o lado, há quem até vote na couve-flor para presidente ...

Enquanto não é eleita, e se for um bocado como eu, é preciso puxar-lhe para conferir todo o sabor, gosto no forno para um toque mais a terra que a torna irresistível.

Fica aqui a sugestão com 1 ingrediente principal que dá para três receitas e sem desperdício 

 

Couve-flor assada, com Harissa, Molho de Soja, Mel & Citrinos

Ingredientes

Couve-flor eu fiz com 3 cabeças

Para o molho
1 laranja sumo
1 limão sumo
4 a 5 colheres de sopa de Azeite
Flor do sal qb
Pimenta preta de moinho
Pimenta cayenne
1 colher de sopa de molho de soja
1 colher de sopa de Harissa
2 dentes de alho
1 colher de sopa de mel

Método

Cozinha a couve-flor a vapor entre 5 a 10 minutos, entretanto, numa vasilha junta todo os ingredientes para o molho, menos o mel.

Liga o forno no máximo.

Retire a couve-flor do lume e passe pela vasilha onde pode deixar a repousar por 10 minutos para absorver melhor os sabores, de seguida coloque num tabuleiro de ir ao forno, eu gosto de usar barro, principalmente quando quero atribuir sabores mais a terra.

Leva ao forno por 10 minutos em fogo alto para dourar à volta.

Entretanto, junta o mel ao molho que ficou na vasilha e regue a couve-flor e deverá estar pronto.

Eu servi com amêndoas laminadas tostadas e crepes de grão-da-felicidade

 

Nota: que os tempos de cozedura vão depender do forno assim como a quantidade do molho depende de quantas couve-flor vai utilizar.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×