20/6/21
 
 
Braçadeira no chão, queixo levantado

Braçadeira no chão, queixo levantado

José Miguel Pires 01/04/2021 22:00

A seleção nacional fechou os primeiros três jogos de qualificação para o Mundial 2022 no primeiro lugar no grupo A, com 7 pontos, mas os resultados não foram os melhores.

Portugal bateu, na terça-feira, o Luxemburgo, por 3-1, num jogo impróprio para cardíacos, mas que assegurou o fecho da fase inicial de qualificação para o Mundial de 2022 no topo do grupo A.

A seleção nacional poderá ter fechado os primeiros três jogos de qualificação para o Mundial de 2022 em primeiro lugar, mas as partidas contra o Azerbaijão, Sérvia e Luxemburgo viram uma seleção nacional muitas vezes em dificuldades. Na partida contra a Sérvia, uma imagem marcou a semana: Cristiano Ronaldo, frustrado após a invalidação do golo que daria a vitória a Portugal – que, depois de estar a vencer por 2-0, acabou por empatar a duas bolas – atirou a braçadeira de capitão ao relvado, e praticamente abandonou o jogo. O gesto valeu, no entanto, para um resultado positivo: o acessório passou a valer um milhão de euros em leilão, que só acaba . Um funcionário sérvio do estádio Rajko Mitic teve a ideia de recolher a braçadeira do capitão português e leiloa-la por uma boa causa. Todos os fundos vão para Gavrilo Djurdjevic, um bebé de seis meses que sofre de atrofia muscular espinhal. cujo tratamento tem o custo de dois milhões de euros.

«Ronaldo atirou a braçadeira a três metros de mim e tive a ideia de colocá-la à venda», explicou o funcionário, que se manteve anónimo, e que causou na mãe do bebé, conforme a mesma garantiu ao jornal sérvio Telegraf, uma «enorme gratidão para com as pessoas que apanharam a braçadeira e decidiram colocá-la em leilão para ajudar o nosso filho».

 

Caminhos atribulados

Ainda antes do sofrido jogo com a Sérvia é preciso relembrar que, no primeiro jogo frente ao Azerbaijão, a vitória portuguesa surgiu de um auto golo dos azeris, tendo a seleção das quinas sido incapaz de bater o guarda-redes Magomedaliyev.  Frente ao Luxemburgo, confundiam-se os apelidos nas duas seleções em campo. Do lado do Luxemburgo, não é inédito encontrar ‘Rodrigues, ‘Martins’, ‘Barreiro’ ou ‘Pinto’.

Os primeiros minutos na partida não correram nada bem para Portugal e, aos 30 minutos, Gerson Rodrigues, jogador do Luxemburgo que nasceu no Pragal, abriu o marcador para a equipa da casa.

A noite manteve-se com altos e baixos, conseguindo Diogo Jota atingir a igualdade no marcador a poucos segundos do fim da primeira parte. Foi o terceiro golo do internacional em apenas dois jogos ao serviço da seleção nacional. E se Cristiano Ronaldo está à procura do recorde mundial de golos pela seleção, a noite de terça-feira reduziu o caminho para o internacional, que fica agora a seis golos de conquistar o título. Houve ainda tempo para a estreia de Palhinha a marcar pela seleção, que assegurou a vitória, colocando Portugal como líder do grupo A.

Ler Mais


Especiais em Destaque

Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×