12/4/21
 
 
Astérix e Obélix. A aventura em busca do animal metade águia metade leão

Astérix e Obélix. A aventura em busca do animal metade águia metade leão

Sara Porto 31/03/2021 20:31

A nova aventura dos dois amigos Astérix e Obélix chega às livrarias a 21 de Outubro.

"Astérix e o Grifo" é o título do 39.º álbum de uma das cronologias mais conhecidas em todo o mundo. A nova aventura dos dois amigos Astérix e Obélix chega às livrarias a 21 de outubro.

Astérix, pequeno guerreiro de espírito sagaz e inteligência viva, e Obélix, carregador de menires de profissão, grande apreciador de javalis e sensível aos encantos das lindas gaulesas, embarcam numa aventura delirante em busca do grifo, animal mitológico metade águia, metade leão e com orelhas de cavalo.

Apesar de a data de lançamento do livro ter sido divulgada em janeiro, o anúncio do título foi feito na passada segunda-feira, dia 29 de março, pela Éditions Albert René, que divulgou a capa provisória da obra. Na capa é possível observar os dois personagens a treparem um tronco de árvore esculpido como a cabeça de um estranho ser, em que no topo se encontra o pequeno Ideiafix, cão de Obélix, que tentam recuperar.

O argumentista Jean-Yves Ferri, que é responsável pelos novos álbuns de Astérix desde 2011, revelou que a ideia para esta história surgiu de uma escultura de Tarasca, “um animal aterrador das lendas celtas”. Essa imagem levou-o a interrogar-se se “os nossos antepassados acreditavam realmente na existência destes monstros bizarros”. A verdade é que na Antiguidade romana, os exploradores eram invulgares e o mundo era um grande mistério. Contudo, elefantes e rinocerontes, animais verdadeiramente extraordinários para um europeu daquela época, já tinham sido exibidos em Roma. “Porque haveriam então os romanos de duvidar da existência de criaturas tão improváveis?", interroga o argumentista.

Ferri procurou “percorrer o bestiário mitológico” em busca de um animal que pudesse ocupar “o centro da trama” do novo álbum. “Metade águia, metade leão (e com orelhas de cavalo), enigmático q.b., acabei por optar pelo grifo”, confessou.

Mas o grifo não será a primeira figura mitológica num álbum de Astérix. Se é verdade que o seu cocriador René Goscinny (1926-197) nunca recorreu às mesmas, Uderzo introduziu um dragão em A Rosa e o Gládio em 1991, touros alados e centauros em O Pesadelo de Obálix, em 1996, e um elfo em O Regresso dos Gauleses, em 2003. Já Ferri e Conrad utilizaram o antepassado do Monstro de Loch Ness, em 2013, e, mais recentemente, em 2015, um unicórnio, em O Papiro de César.

Sensivelmente um ano após o falecimento de Albert Uderzo, em 2000, Ferri e Conrad, atuais responsáveis da série, confessavam que "o Albert confiou em nós para respeitarmos os valores das personagens que ele criou com René Goscinny, fazendo-as viver novas aventuras (...) É com muita emoção que, na sua ausência, prosseguimos a missão que ele nos confiou com este novo álbum, que esperamos que venha a fazer as delícias dos leitores”. Conrad e Ferri assumiram a responsabilidade em 2013 com Astérix e os Picts e desde então já publicaram mais três contos.

Outra informação revelada por Ferri, sem muitos detalhes, foi a de que haverá ligeiras referências à pandemia de covid-19, "numa poção muito semelhante a uma vacina”.

Sabendo-se antecipadamente que esta aventura decorreria fora da aldeia gaulesa, como acontece a cada dois livros, Ferri acrescenta que falta saber “como é que Astérix, Obélix e Ideiafix, acompanhados pelo druida Panoramix, vão juntar-se à demanda épica e repleta de armadilhas em busca deste animal fantástico”.

Astérix e o Grifo terá lançamento simultâneo em 17 línguas, entre as quais o português, através da edição da ASA, com uma tiragem global de cerca de 5 milhões de exemplares. Desde a edição de Astérix, o Gaulês, em 1959, já foram vendidos cerca de 385 milhões de álbuns, em 111 línguas e dialetos.

 

Astérix e Obélix em video-jogo

Anunciado no dia 25 de março pela produtora MR Nutz Studio e a publisher Microids, Asterix e Obelix: Slap Them All! será um novo jogo baseado nos quadrinhos de René Goscinny e Albert Uderzo. Um beat n’ up 2D que tentará ao máximo assimilar-se aos desenhos da banda desenhada, seja no design dos personagens ou nos cenários e animação, todos feitos à mão. No jogo, que se passa em 50 a.C. na Gália ocupada pelos romanos, os personagens deparar-se-ão com piratas, javalis e ainda com os terríveis normandos. Este não é o primeiro título das personagens publicado pela Microids, já que esta foi responsável pelo remaster Asterix e Obelix XXL, de PS2. Asterix e Obelix: Slap Them All! tem previsão de lançamento para a primavera deste ano e estará disponível para a Nintendo Switch, PS4, PS5, PC, Xbox One e  Series X|S.

 

Astérix e Obélix na Netflix

Os dois personagens terão agora e pela primeira vez direito a uma série de animação. A Netflix abraçou o projeto que será feito em parceria com a Les Editions Albert René. O autor escolhido para a realização desta série de animação em 3D é Alain Chabat. O seu lançamento está previsto para 2023 na plataforma de streaming. A série vai começar por trabalhar Astérix e a Grande Luta, banda desenhada que já virou filme de animação em 1989.

Ler Mais


Iniciar Sessão
Esqueceu-se da sua password?

×
×

Subscreva a Newsletter do i

×

Pesquise no i

×